Verde e concreto em harmonia

Favorecer o diálogo entre paisagismo e arquitetura foi o norte do projeto do arquiteto e designer venezuelano Pedro Useche para sua nova residência

Por Da redação Atualizado em 19 jan 2017, 13h11 - Publicado em 15 nov 2006, 16h29

Favorecer o diálogo entre paisagismo e arquitetura foi o norte do projeto do arquiteto e designer venezuelano Pedro Useche para usa nova residência, em São Paulo, onde mora com a mulher, Célia, e o filho Leon, 6 anos. “Criei volumes independentes para as alas social, íntima e de serviços e a natureza está presente em todos”, diz. Para dar forma a esses espaços, ele contou com o talento do paisagista Gil Fialho

 Na sala de jantar, o bambu-mossô atrás do espelho d’água funciona como um...  Na escada que leva à garagem, um pano de vidro deixa ver a lateral do jardim...  O mesmo jardim que se vê na entrada da casa faz as vezes de cerca viva para ...  Palmeira-de-macarthur (1) e asistácia branca (2) compõem o canteiro próxim...  O fogo está presente no jardim por meio de uma saída de gás escondida entr...

Paisagista: Gil Fialho

Tamanho: quase 2 mil m2

Espécies: esquizocentro (Schizocentron elegans), helicônia (Heliconia velloziana), palmeira-garrafa (Hyophorbe lagenicaulis), pandano-caracol (Pandanus utilis), bananeira (Musa velutina), palmeira seafórtia (Archontophoenix cunninghamiana), guaimbê (Philodendron selloum), pata-de-vaca (Bauhinia variegata), lírio-do-brejo (Hedychium gardneranium), palmeira-de-macarthur (Ptyschosperma macarthurii), frutíferas (amoreiras, pitangueiras, limoeiros, mexeriqueiras e caramboleiras), samambaiaçu (Dicksonia sellowiana) e bambu-mossô (Phyllostachys pubescens).Localização: entorno da casa

Estilo: tropical

Destaque: diálogo com a arquitetura possibilitou a vista para o verde em todos os ambientes da casa; espelho d’água.

Espécies do jardim
A.Esquizocentro(Schizocentron elegans) B.Heli...
Continua após a publicidade

Publicidade