Passo a passo para melhorar sua varanda

Docente do Senac São Paulo ensina a escolher as espécies de plantas e os adereços para deixar a sacada mais agradável.

Por Da Redação Atualizado em 20 dez 2016, 23h03 - Publicado em 17 nov 2009, 19h25

Em um apartamento, a varanda é um prolongamento da sala. Se for valorizada, com a escolha correta dos acessórios e das espécies de plantas, ela arremata a decoração do resto da casa. Para a paisagista e docente do Senac São Paulo, Marcella Ocke, esse ambiente deve favorecer o lazer e o relaxamento. “Encare a varandas como espaços de permanência, para sentar e ler um livro, observar a vista”, propõe. No vídeo abaixo, Marcella mostra uma sacada de apartamento revitalizada a partir do zero.

O projeto que você viu no vídeo é bem específico. Marcella sugere que você inicie a revitalização da sua varanda sabendo, desde já, para qual face ela está voltada. “Varandas face norte são mais ensolaradas. As face sul recebem menos iluminação e geralmente mais vento”, explica. Isso define os tipos de plantas que vão se adequar melhor a sua casa. Marcella indica algumas espécies para cada situação: Para áreas a pleno sol: bambú-mossô, alpínea purpurata, ixora, helicônia-papagaio e cactáceas. Para áreas a meia sombra: palmeira-ráfis, lírio-da-paz, pleomele e asplênio Além do sol e do vento, o volume da planta, crescimento e capacidade da raiz também devem ser levados em conta. “É preciso fazer a composição das plantas no espaço, coordenando espécies de diferentes cores, formas e tamanhos”, explica. E para manter as plantas saudáveis, não se esqueça de regá-las de acordo com as necessidades de cada espécie. Quanto à adubação, a profissional recomenda realizar quatro vezes por ano, nas trocas de estação. Tire sempre a poluição que se acumula sobre as folhas, limpando-as com um pano úmido e aplicando óleo mineral. Na galeria de fotos abaixo, Marcella comenta as varandas postadas por internautas no “Mostre sua casa”. Inspire-se em suas observações.

Publicidade