Este pavilhão chinês é um grande símbolo do infinito

O prédio foi pensado de forma a recriar o símbolo quando visto de cima

Por Marcela De Mingo 7 Maio 2018, 10h00

Localizado na pequena cidade rural de Deoming, no interior da China, na província de Sichuan, um pavilhão cultural foi construído para parecer o símbolo do infinito quando visto de cima. Desenvolvido pela empresa de arquitetura chinesa Archi-Union, o centro é capaz de abrigar exposições, conferências e outros eventos comunitários.

Apesar da sua grandeza, o projeto levou apenas 52 dias para ficar pronto, porque uniu as técnicas de construção locais com alguns elementos pré-fabricados industrialmente. A região é muito conhecida pela tecelagem com o bambu, e o formato do prédio foi inspirado em um poema do poeta dinástico Lu You. Por isso mesmo, o babu e o concreto conversam sob o símbolo do infinito.

pavilhão símbolo infinito china
Archi-Union/Divulgação

Lá dentro, além das salas espaçosas, você encontra dois jardins que ficam exatamente no centro dos círculos que criam o formato, e que foram pensados como locais em que os visitantes podem encontrar um pouco mais de tranquilidade e calma.

pavilhão símbolo infinito china
Archi-Union/Divulgação
pavilhão símbolo infinito china
Archi-Union/Divulgação
Divulgação/CASA CLAUDIA
Continua após a publicidade

Publicidade