Área de serviço compacta: como otimizar os espaços

Inclua o cômodo com soluções simples eficientes

Por Redação Atualizado em 16 jan 2022, 19h37 - Publicado em 15 jan 2022, 13h00
Projeto da arquiteta Júlia Guadix, do Liv’n Arquitetura Guilherme Pucci/Casa.com.br

Com apartamentos pequenos cada vez mais populares, a área de serviço é, muitas vezes, projetada em cantinhos ou nem fazem parte da casa. Porém, incluí-las não é um desafio, com algumas técnicas é possível contar com o espaço para lavar e secar as roupas.

Soluções práticas, então, são as palavras-chave para as plantas mais enxutas, facilitando a organização de móveis e eletrodomésticos. Se você não quer abrir mão de uma lavanderia, monte um cômodo compacto e funcional.

Reprodução/Pinterest

A arquiteta Júlia Guadix, responsável pelo escritório Liv’n Arquitetura, explica que, para isso, o projeto deve comportar:

    • uma máquina, de lavar, ou que lava e seca;
    • uma pequena bancada;
    • tanque e um armário para armazenar produtos de limpeza e outros objetos.

Cada centímetro é importante e valioso, podendo estar integrado à cozinha ou mesmo dentro de um armário.

Nesse espaço realizado por Júlia Guadix, a lavanderia é uma extensão da cozinha. Para separar os dois ambientes, a arquiteta trabalhou com uma marcenaria planejada para armazenar produtos de limpeza e outros itens Guilherme Pucci/Casa.com.br

O que não pode faltar?

Os elementos necessários em uma lavanderia variam conforme a necessidade dos moradores, mas alguns são essenciais. Uma boa máquina de lavar e secar, por exemplo, é fundamental – já que não haverá muito espaço para um varal.

Veja também

Para uma família de duas a quatro pessoas, um modelo com capacidade de 10 kg é o mais indicado. A bancada é outro componente importante, pois cria um apoio. O tanque também é imprescindível, facilitando a lavagem de peças mais pesadas ou delicadas e ajudando na faxina, na hora de encher baldes com água.

Neste apartamento reformado por Júlia Guadix, a marcenaria serviu para ocultar a lavanderia, já que o cliente não queria misturar os ambientes. Assim, a arquiteta projetou um armário com nichos para armazenar os produtos e até um cabideiro para pendurar as roupas passadas Guilherme Pucci/Casa.com.br
Continua após a publicidade

Armazenamento

Em áreas menores, a otimização possibilita o encaixe de tudo. As prateleiras ajudam na organização de produtos de limpeza e outros itens – como esponjas, panos, bacias, flanelas e pregadores. Outra alternativa é destinar uma parede para nichos.

Já os itens menores podem ser colocados em caixas e cestos, que permitem o fácil acesso no dia a dia. Investir em uma marcenaria planejada é uma boa opção para as lavanderias com uma metragem um pouco maior, pois ajuda a dispor itens e incrementar a decoração.

Projeto da arquiteta Júlia Guadix, do Liv’n Arquitetura Guilherme Pucci/Casa.com.br

Possibilidade é o que não falta no mercado hoje, que apresenta uma infinidade de produtos, como um cabideiro externo e versões aéreas. Porém, antes de começar o projeto e inserir os armários, tire todas as medidas e estude o ambiente. Verifique se será possível entrar com a máquina de lavar e abrir a porta deste produto no dia a dia, sem nenhum obstáculo.

Varal

Se adquirir uma lava e seca não é uma possibilidade, um mecanismo eficaz de estender as roupas deve ser analisado – lembrando que a circulação e os atos de estender e retirar as roupas deve ser feita de forma confortável. Investir em um varal de teto, por poder ficar suspenso, é o mais recomendado. Na impossibilidade, versões de piso ou o modelo ‘mágico’ também podem ser considerados.

Neste projeto, Júlia Guadix decidiu deixar a lava e seca à mostra e em harmonia com o ambiente. Para aproveitar o espaço na parte superior, considerou a aplicação de prateleiras. As plantinhas deram um toque de lavanderia com cara de quintal Guilherme Pucci/Casa.com.br

Adaptando a área de serviço

Em caso de precisar retirar um pedaço da área de serviço para aproveitar em outro cômodo, retirar o tanque e substituir por uma bancada de pedra com uma versão embutida do tanque em inox ou esculpido na própria pedra é uma opção.

Aproveitando ainda mais cada centímetro, a máquina de lavar pode ser posicionada abaixo do móvel. O morador pode inserir prateleiras acima para guardar os itens de limpeza, bem como colocar armários na parte inferior.

Reprodução/the spruce

Decoração

Para deixar este ambiente personalizado – afinal, se foi o tempo em que a lavanderia ficava segregada e era um ambiente sem toque de decoração -, selecione quadros, flores e vasos com plantinhas. Também vale a pena avaliar a paleta de cores, tonalidades mais claras contribuem para a impressão de um lugar mais limpo e com amplitude. Além disso, a sintonia deste cômodo com os demais da casa traz continuidade.

Continua após a publicidade

Publicidade