Almofadas e tapetes cactus silk são a nova tendência de décor

O tecido, feito no Marrocos, tem uma estampa e coloração que combinam com qualquer paleta de cores

Por Marcela De Mingo 16 abr 2018, 11h34

Vira e mexe, algumas tendências começam a ganhar força e se tornam verdadeiras sensações da decoração. É o caso do cactus silk, ou ‘seda de cacto’, na tradução literal em português.

O tecido tem uma dose de cor, sem muito exagero, que é perfeita para dar um pouco mais de vida para qualquer tipo de paleta neutra usada na decoração – e pode, até mesmo, ser o próprio ponto de partida para o décor de um ambiente inteiro.

Continua após a publicidade

Ao contrário das estampas mud cloth, em que os desenhos e as cores são colocadas em um pedaço de algodão natural através de um processo de fermentação, o cactus silk é feito diretamente com fibras dos próprios cactus.

Uma primeira vantagem é que esse tipo de tecido é cruelty-free, ou seja, ele vem de fibras naturais e não através do bicho da seda. Os cactos usados para essa produção são cultivados no deserto do Saara, enquanto o tecido é confeccionado à mão no Marrocos. Originalmente, as peças de cactus silk são muito encontradas nos mercados de rua em Marrakesh, mas, com o crescimento da tendência, é um fato que logo mais esses modelos estarão também nas lojas mais próximas.

Seja para incrementar a sua cama, no quarto, ou para deixar o sofá da sala mais aconchegante, vale a pena investir nas almofadas e tapetes para colocar um pouco mais de textura e cores no ambiente.

Divulgação/CASA CLAUDIA
Continua após a publicidade

Publicidade