5 hotéis mal-assombrados que você precisa conhecer

Em tempos de Halloween, conheça lugares que deixam seus hóspedes de cabelo em pé

Por Marcela De Mingo 15 out 2017, 10h00

Com o Dia das Bruxas há apenas algumas semanas de distância, é de se esperar que tudo que assuste ou tenha uma relação com a data ganhe um destaque especial. É comum filmes de terror terem hotéis como pano de fundo e existem alguns que já entraram para a lista dos mais assustadores do mundo inteiro.

O Queen Mary é um deles. O navio, ancorado em Long Beach, já foi considerado um dos lugares mais mal-assombrados do globo por conta do histórico de crimes que aconteceram lá – são mais de 50 mortes registradas. Confira, abaixo, mais alguns lugares que ganharam fama por deixarem os hóspedes de cabelo em pé.

The Langham Hotel, Londres

Dizem por aí que o hotel é a casa de inúmeros fantasmas, incluindo o de um médico que assassinou a esposa antes de cometer suicídio e do ex-presidente francês Napoleão III.

Ross Castle, Irlanda

ross castle irlanda hotéis mal assombrados
Ross Castle/Divulgação

Localizado próximo à um lago em County Meath, na Irlanda, este castelo do século 15 foi transformado em uma pousada no estilo bed and breakfast. Segundo as lendas, a filha de um malvado lord inglês, conhecido como o Black Baron, assombra os corredores do castelo, enquanto o próprio barão fica encarregado de assombrar os jardins.

Dauphine Orleans Hotel, Nova Orleans

hotéis mal assombrados
Dauphine Orleans Hotel/Divulgação
Continua após a publicidade

A cidade de Nova Orleans, nos Estados Unidos, é conhecida pelos diversos locais ditos mal-assombrados, mas o Hotel Dauphine é um dos mais notórios. A uma quadra da icônica Bourbon Street, as visitas dos fantasmas no local são frequentes – e passam por soldados da guerra civil norte-americana até cortesãs do Red Light District de Amsterdã.

Flamingo Hotel, Las Vegas

hotéis mal assombrados
Flamingo Hotel/Facebook

Este é um dos hotéis mais tradicionais e antigos da Las Vegas Strip e, apesar de ter luzes o suficiente para afastar qualquer espírito ruim, ele também tem a fama de ser mal-assombrado. Dizem por aí que é possível ver um fantasma nos jardins do hotel, onde está situada uma estátua em homenagem a um de seus fundadores, Bugsy Siegel. Um conhecido mafioso, acredita-se que ele irritou os investidores durante a construção do hotel por gastar mais do que deveria, e foi assassinado pouco depois da sua inauguração.

The Hay-Adams Hotel, Washington D.C

Clover Adams, esposa de Henry Adams (descendente do presidente norte-americano John Adams), tirou a própria vida no hotel The Hay-Adams em 1885. Desde então, diz-se que ela assombra o quarto andar do hotel ligando e desligando rádios e relógios e abrindo portas trancadas. Funcionárias da limpeza dos quartos já disseram também que ouviram os seus nomes serem chamados do nada e choro nos corredores.

 

Continua após a publicidade

Publicidade