Casa Created with Sketch.

Coober Pedy: a cidade onde os moradores vivem embaixo da terra

A população da cidade australiana migrou para baixo da terra com o objetivo de fugir do calor e se aproximar de minas de opala

A entrada das casas em Coober Pedy

A entrada das casas em Coober Pedy (Reprodução/Casa.com.br)

Não é exatamente um mundo invertido, mas é quase. A cidade Coober Pedy, localizada na Austrália, é conhecida por ser a capital mundial da produção de opala. Além disso, a cidade carrega uma curiosidade: a maioria das casas, comércios e igrejas são subterrâneas. Os moradores migraram suas casas para baixo da terra para fugir do calor do deserto.

A cidade foi povoada em 1915, quando minas de opala foram descobertas no local. O calor do deserto era intenso e escaldante e os moradores tiveram uma ideia criativa para fugir dele: construir as casas embaixo da terra, para escapar das altas temperaturas.

 (Reprodução/Casa.com.br)

Cerca de 3.500 pessoas moram na cidade atualmente, em casas enterradas entre 2 e 6 metros de profundidade. Algumas casas são escavadas nas rochas, no nível do solo. Normalmente, os banheiros e cozinhas ficam acima do solo, para facilitar o abastecimento de água e escoamento sanitário.

Uma das igrejas da cidade

Uma das igrejas da cidade (Reprodução/Casa.com.br)

Acima da terra, a temperatura beira os 51ºC, na sombra. Abaixo dela, é possível atingir 24ºC. Em 1980, o primeiro hotel subterrâneo foi construído e a cidade começou a atrair turistas. A maioria das construções na cidade são subterrâneas, como bares, igrejas, museus, lojas, poços e muito mais.

 (Reprodução/Casa.com.br)

A cidade também foi o cenário de gravação de filmes como “Priscila, a rainha do deserto” e “Mad Max 3: Além da cúpula do tempo“.

Cena de Mad Max 3

Cena de Mad Max 3 (Reprodução/Casa.com.br)

Nos últimos 10 anos a prefeitura local iniciou um programa intenso de plantio de árvores na cidade. Além de fornecer mais sombras para a cidade, a medida também ajuda a combater ilhas de calor.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s