Casa Created with Sketch.

Carro elétrico compartilhado é novidade em São Paulo

O Beepbeep mobilidade terá planos de acordo com o tempo de locação dos veículos

A moda dos veículos compartilhados chegou para ficar! Bicicletas, bikes elétricas, patinetes, e agora… carros! A Beepbeep mobilidade inaugura em São Paulo o primeiro serviço de carros compartilhados, já em funcionamento. Este modelo de negócio já está consolidado em alguns lugares do mundo, como o Vale do Silício, Israel, China e Canadá.

 (Reprodução/Casa.com.br)

Todo o processo de empréstimo do carro compartilhado é super tecnológico (e sustentável!). Para começar a usar a plataforma é muito simples: basta baixar o aplicativo e cadastrar-se. É necessário enviar uma selfie, uma foto da CNH definitiva e os dados do cartão de crédito. 

Após o cadastro, procure por um beepbeep no mapa. Assim que a reserva for feita, o usuário tem até 30 minutos para chegar na estação onde o carro está estacionado. Ao todo, são 60 estações na cidade e, em todas, é possível recarregar o veículo. “Pensamos em fazer uma estação a cada 600 metros, é uma caminhada longa mas garante que os carros estejam distribuídos por Sao Paulo”, diz Fabio Fagionato, CEO e Co Fundador da empresa. 

 (Reprodução/Casa.com.br)

A marca é tão tecnológica que nem exige chaves para ligar o carro. Para desbloquear o veículo já reservado, basta estar próximo do carro, manter o botão “desbloquear” pressionado no aplicativo e ele estará pronto para o uso. Após colocar o cinto de segurança, ajustar os retrovisores e certificar-se de que os freios estão pressionados, aperte o botão “Start/stop” no aplicativo e comece a dirigir.

As estações terão faixa de identificação da Beepbeep

As estações terão faixa de identificação da Beepbeep (Reprodução/Casa.com.br)

Quando terminar de usar o carro, não é necessário devolvê-lo na estação onde o encontrou. A devolução pode ser feita na estação mais próxima de seu destino final. Mas fique atento: os pontos do beepbeep estão espalhados pelas regiões sul e oeste da cidade. Algumas das estações são: Shopping  Market Place, mercados da rede St. Marche, estacionamentos da NetPark, alguns condomínios corporativos administrados pela JLL e o Hotel Tivoli Mofarrej. A empresa testou o 3G em todos os pontos para garantir internet para os usuários.

Atualmente apenas 10 carros estão disponíveis no aplicativo. “Hoje contamos com poucos carros, mas a expectativa é que até julho de 2020 já sejam 100 carros e, no fim de dois anos de empresa, o número triplique”, completa Fabio.

Os postes de energia recarregarão os carros.

Os postes de energia recarregarão os carros. (Reprodução/Casa.com.br)

A contratação do serviço será feita por tempo de locação, semelhante ao serviço dos patinetes elétricos. A empresa cobra 60 centavos por cada minuto usado, mas tem planos de mais horas, onde acrescentam um desconto sobre o valor por minuto. “Se um usuário contratar o plano de 6 horas, mas rodar com o carro por apenas duas, o valor cobrado será apenas dos minutos rodados, mas com o desconto da porcentagem de cada plano”, explica Fabio. Cinco planos estão disponíveis no aplicativo. São eles: livre, a partir de 6 horas, a partir de 12 horas, a partir de 24 horas e a partir de 48 horas.

Todos os carros da Beepbeep são o modelo Renault ZOE, com tecnologia de última geração e 100% elétrico. O sistema de carregamento se adapta a diferentes níveis de potência e o design do veículo é exclusivo.

 (Reprodução/Casa.com.br)

Fabio acredita na importância do consumo consciente e da cultura do compartilhamento. “São Paulo tem taxas de poluição muito elevadas e, os carros convencionais são responsáveis por grande parte das emissões de CO2. Com um carro elétrico e compartilhado, é possível dizimar essa emissão e locomover-se de forma mais sustentável”, completa.

O CEO tem planos de levar o serviço para outras cidades, como Curitiba, Belo Horizonte e Brasília, e no futuro, ampliar o leque de automóveis disponíveis no aplicativo, para Scooters e patinetes elétricos, por exemplo.

Para carregar o carro, basta abrir o compartimento no logo da Renault.

Para carregar o carro, basta abrir o compartimento no logo da Renault. (Reprodução/Casa.com.br)

A empresa ainda garante a segurança dos motoristas e certifica que todos os veículos têm seguro. E não pense que dá para passar naquele radar acima da velocidade sem ser notado. Se um veículo da Beepbeep for multado, a empresa consegue identificar quem estava usando o modelo no horário e local e direcionar os pontos para a CNH do responsável.

Já estamos ansiosos para testar o mais novo serviço da cidade, que contribui para a mobilidade urbana.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s