Casa Created with Sketch.

Milão quer reduzir o uso de carros e cria planos de pedestre e ciclistas

Após a pandemia, Milão quer criar estratégias de adaptação de novas realidades e priorizar a mobilidade urbana mais sustentável

 (Reprodução/CicloVivo)

Há quase dois meses, o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, compartilhava o vídeo #MilãoNãoPara. Criada por uma associação de bares e de restaurantes, a campanha pedia a continuidade das atividades comerciais durante a pandemia. Um mês depois, morria quase mil pessoas por dia na Itália, sobretudo na região da Lombardia, cuja capital é Milão. O prefeito admitiu o erro, a estratégia mudou e promete mudar ainda mais. Um dos grandes destaques é o plano de reduzir o uso do carro.

O plano, intitulado “Milão 2020, estratégia de adaptação”, possui 17 páginas e está sujeito a mudanças. Entre as medidas urbanísticas, prevê-se a inclusão de mais ciclovias, ampliação de calçadas e redução dos limites de velocidade a 30 km/h em algumas vias.

Também sugere a recuperação das áreas de estacionamento de carros para o uso de bares e de restaurantes. Desta forma, os estabelecimentos podem colocar mais mesas em suas áreas externas.

Quer saber mais? Então clique aqui e veja o conteúdo completo do CicloVivo!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s