Casa Created with Sketch.

Luminária natural traz a luz do sol para dentro de casa

Com estrutura reflexiva, solução é perfeita para iluminar ambientes sem janelas e ajudar a poupar eletricidade

 (reprodução/CicloVivo)

A iluminação natural deixa qualquer ambiente mais bonito e acolhedor. Mas, em algumas casas existem aqueles cantinhos sem janelas ou outros acessos para o exterior, o que acaba tornando o uso da eletricidade o único recurso. Mas, uma solução que usa a luz do sol e materiais refletores pode ajudar a resolver este problema.

Criada pela empresa britânica FAKRO, as luminárias SLT são uma boa opção para quem vive em casas e quer iluminar de maneira natural ambientes sem janelas, como corredores, escadas, banheiros ou sótãos. Além da iluminação solar para alegrar o ambiente, outras alegria vem com a fatura de energia elétrica que pode ficar mais barata.

O sistema de iluminação funciona com um tubo flexível que interliga diferentes partes. A primeira é um refratário que se instala no telhado e vai captar e potencializar a luz do sol, graças à sua característica reflexiva.

A outra parte é uma cúpula de acrílico que cobre este refratário prateado. O material é resistente e tem baixa atividade eletroestática o que ajuda a evitar o acúmulo de pó que poderia prejudicar a absorção de luz. Desta forma não há necessidade de manutenção e a limpeza acontece com a água da chuva.

A cúpula se conecta com um tubo flexível, também revestido de material refletor, feito de poliéster flexível, o que garante que a instalação seja feita em locais com acesso mais complicado pelo telhado.

A última parte do sistema é uma luminária de teto, muito similar aos produtos convencionais elétricos, mas que ao invés de uma lâmpada, possui a capacidade de difundir a luz pelo ambiente. O dispositivo contem filtro UV e garante que a luz seja bem aproveitada dentro do ambiente.

 

Veja como é feita a instalação!

Para ver mais detalhes, acesse o site CicloVivo!

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.