Casa Created with Sketch.

Arquitetos criam casa com paredes que melhoram a qualidade do ar

Composta por tijolos e vegetação, a construção tem paredes que permite a purificação do ar que entra

De acordo com pesquisas publicadas recentemente, a qualidade do ar interior é mais poluída que o ar externo e foi pensando nisso que o escritório CTA creative architects projetou uma casa que “respira”, na cidade de Biên Hòa, no Vietnã.

 (Hiroyuki Oki/Designboom)

Com dois andares, a Wall House, como o projeto foi chamado, é composta por oito blocos, todos conectados a uma camada protetora de tijolos ocos e uma vegetação, que fazem a casa “respirar” 24 horas por dia, sete dias por semana.

 (Hiroyuki Oki/Designboom)

A casa foi modelada gradualmente por oito espaços separados, cercados por paredes comuns. Esses oito blocos são intercalados e se cruzam em um espaço comum, formado pelas paredes respiratórias.

 (Hiroyuki Oki/Designboom)

Elas são compostas por dois elementos. Um sistema de parede aberta é a primeira camada a impedir a entrada de poluição do ambiente externo. Esse invólucro de proteção é feito de tijolos ocos alinhados na direção oposta ao método convencional de construção. Com esse arranjo, esses tijolos ocos permitem a circulação de ar fresco e luz natural na casa. Com características únicas e aleatoriedade na cor, os tijolos com defeito de queima são reutilizados de uma forma nova, harmoniosa e mais ecológica.

 (Hiroyuki Oki/Designboom)

O espaço do jardim é a segunda camada para evitar o impacto negativo do ambiente externo no espaço interior. A abundância de vegetação ajuda a limpar o ar e cria uma zona tampão eficaz. Juntas, essas duas camadas protetoras são equivalentes a uma parede padrão, mas a diferença importante é que elas garantem a circulação do ar e da luz, resultando em um espaço mais saudável.

Veja mais fotos do projeto abaixo:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.