Palestra no Dia do Arquiteto encerra Revestir

Fórum recebeu Asa Bruno, da Ron Arad Architects, e o português Gonçalo Byrne

Por Por Mariana Morais Atualizado em 14 dez 2016, 12h25 - Publicado em 28 mar 2011, 16h17

Arquitetos de várias partes do Brasil se reuniram no 9º Fórum Internacional de Arquitetura e Construção, no encerramento da Expo Revestir, em São Paulo, na última sexta-feira.

Dessa vez, a programação começou com a presença de líderes da Associação Brasileira de Arquitetura e Paisagismo (ABAP), Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA) e Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA) para apresentar e falar sobre a conquista do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), que entra em vigor em janeiro de 2012.

Entre os palestrantes do dia, estava o israelense Asa Bruno, do escritório britânico Ron Arad Architects, que apresentou os principais trabalhos de sua equipe. Bruno contou que está há 11 anos no escritório, que no início contava com três arquitetos e hoje tem uma equipe de 18 pessoas. “Não somos especialistas em nada, fazemos vários tipos de trabalhos diferentes”, conta enquanto mostra projetos diversos como o Design Museum Holon e Ha-Yarkon Street, ambos em Israel, e o Hotel Duono, na Itália.

Asa Bruno também contou que o Ron Arad Architects está com um projeto para as Olimpíadas de Londres, em 2012. “A idéia é criar algo que suporte os jogos olímpicos e que possamos remover quando o parque virar espaço público”, explica.

Além de Bruno, o português Gonçalo Byrne palestrou sob o tema “Arquitetura, tempo e vida” e mostrou projetos como do Museu Nacional Machado de Castro, de Coimbra, que foi reformado várias vezes sem perder sua originalidade. “A representação do tempo em que foi feito (um edifício) é uma das filosofias da arquitetura”, explica.

Byrne também chamou atenção para diversos prédios que estão em áreas de abandono e em aspectos marginais, mas em plena condição de serem reutilizados e reciclados, exaltando a relação de quem usa e vive nesses edifícios.

Continua após a publicidade

Publicidade