Os cinco passos da reforma que valem para imóveis novos ou usados

A receita vale tanto para imóveis novos quanto para usados. Respeitar as etapas a seguir reduz as chances de colocar a paciência – e o investimento – em risco

Por Ilustração Estúdio Espaço Ilusório Atualizado em 14 dez 2016, 12h33 - Publicado em 18 dez 2014, 19h39
01-os-cinco-passos-da-reforma-que-valem-para-imoveis-novos-ou-usados

1. Projeto bem definido

Primeira tarefa: listar o que precisa ser feito. “sem planejamento, o custo de uma reforma é infinito”, alerta Mariane Carneiro da Cunha, sócia da AH!sim, empresa especializada no tema. derrubar paredes, redistribuir pontos de água e luz e até reservar espaço para um futuro ar-condicionado – tudo deve acontecer nesse momento sob a orientação de um arquiteto.

 

02-os-cinco-passos-da-reforma-que-valem-para-imoveis-novos-ou-usados

2. Orçamento planejado

Decididas as intervenções de layout, chega a hora de escolher materiais e acabamentos. Uma boa pesquisa fará diferença na conta final, pois mora aqui a melhor oportunidade de encontrar brechas para os ajustes financeiros. Aprimoramentos básicos despendem, em média, entre 10% e 15% do valor do imóvel; já uma alteração maior consome em torno de 25%. Marcenaria continua a parte mais cara.

 

03-os-cinco-passos-da-reforma-que-valem-para-imoveis-novos-ou-usados
Continua após a publicidade

3. Cronograma realista

Conciliar o tempo dos profissionais exige jogo de cintura. Não adianta nada o gesseiro e o pintor começarem uma etapa sem que o eletricista e o encanador tenham encerrado suas funções. de novo, conte com a ajuda de um arquiteto para encadear essa sequência de acordo com os serviços contratados e deixe uma margem para imprevistos. estes sempre acontecem!

 

04-os-cinco-passos-da-reforma-que-valem-para-imoveis-novos-ou-usados

4. Supervisão da execução

Entregar as chaves ao empreiteiro e só voltar no fim da obra é o pior erro possível. Organize encontros periódicos com o arquiteto responsável e peça a presença de todos os envolvidos para sincronizar os trabalhos. Dessa forma, se algo estiver fora do combinado, há tempo de reparar o que for necessário sem tanto desgaste, considerandoos recursos financeiros disponíveis.

 

05-os-cinco-passos-da-reforma-que-valem-para-imoveis-novos-ou-usados

5.  Vistoria antes de entrar

Teste tudo. abra torneiras, verifique se os climatizadores funcionam bem, veja se os pontos de luz emitem eletricidade e cheque o acabamento da pintura, a altura das portas e a colocação dos revestimentos. É essencial fazer uma geral no imóvel antes de dar como concluída a empreitada. Questione os profissionais sobre as garantias e prepare a mudança.

Continua após a publicidade

Publicidade