O que houve de melhor na Craft Design de Lisboa

Em Lisboa, a Feira Craft & Design é um evento ao ar livre, que promove o artesanato urbano contemporâneo.

Por Luciana Vampré, de Lisboa Atualizado em 20 dez 2016, 22h40 - Publicado em 15 out 2007, 19h18
Um título para uma foto sem titulo

Acontece Jardim da Estrela, uma lugar lindíssimo. Aqui, a feira segue um calendário de acordo com as estações do ano, ou seja, acontece no inverno, sempre ao primeiro domingo de cada mês e, no verão, no primeiro e último domingos. A freqüência mostra o sucesso da iniciativa. Como tendência aparece a reutilização. O lema da atualidade é, indiscutivelmente, reaproveitar.

Exposição ao ar livre Um título para uma foto sem titulo

CerâmicaAs peças utilitárias do artesão Thiago Lopes Praça podem ir à máquina de lavar e microondas. Além da praticidade, suas cores também arrematam um projeto de decoração mais rústico. Sob encomenda, o artista faz painéis decorativos em azulejos cujos preços variam conforme a complexidade do trabalho. As peças de cerâmica custam de 5 a 40 euros. Contato: tiagopracalx@gmail.com

Pratos coloridos em cerâmica Vasilhas multicor Chícaras coloridas Cerâmica branca Thiago Lopes Praça, artesão ceramista

TapeçariaGeralmente utilizado em tapetes, o tradicional arraiolo ganha novas leituras e utilidades nas mãos de João Bruno Videira e José Lourenço, dois criadores portugueses com formação nas áreas da comunicação e artes plásticas, respectivamente. A aplicação da lã em peças de mobiliário confere-lhe originalidade e identidade próprias. As cores são um dos elementos distintivos do atelier Água de Prata, uma marca recém-criada. É a arte portuguesa a reinventar-se a si própria. Valores sob consulta. Contato: aguadeprata@gmail.com

Cadeira restaurada com aplicação de lã Banco em madeira com lã de Arraiolos Tapete em lã de Arraiolos Banquetas em madeira e lã de Arraiolos

Artigos em papel machêAs fadas enfeitam e encantam. Os artesãos João e Ana Pereira, donos do atelier Mannus Art, confeccionam ainda luminárias e artigos de modas com vidro, frutos secos e madeira. O valor das peças varia de 12 a 65 euros. Contato: mannus.art@gmail.com

Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo

Continua após a publicidade

Gravatas viram bolsasBettina Breuninger, designer alemã e Sofia Lameiras, designer portuguesa, fazem bolsas e malas reaproveitando as sobras de tecido. Destaque para as alças diferenciadas: gravatas reaproveitadas. O preço dos produtos varia de 15 a 70 euros. Contato: malas.supergiro@gmail.com

Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo

Encadernações artísticasAgendas, álbum de fotos e séries de cidades em capas de tecido, papel e couro, todos pintados a mão fazem parte do portifólio do ateliê Librelula, da designer espanhola Isabel Zarazua. Segundo a designer, seus produtos, são feitos em papel com garantia de durabilidade (ISO 9706), qualidade (ISO 9001) e a sustentabilidade do ecossistema. O preço dos cadernos, agendas e afins fica entre 8 a 40 euros. A Agenda Librelula 2008 estará pronta em Novembro. Contato: pindalian@gmail.com

Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo

Arte de panoFeltro tingido artesanalmente – esse é o trabalho de Barbara Fabe, artesã alemã. Os preços variam de 5 a 200 euros. Contato: chamsa@gmx.de

Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo

Plástico reciclado

Sandra Guerreiro, designer de moda portuguesa, descobriu nos sacos e sacolas plásticas – daquelas mesmo de mercado, e de lixo, que geralmente não damos a mínima – uma criativa forma de reutilizá-los e produzir bolsas, carteiras e porta moedas diferenciadas. Os sacos plásticos são separados por cores e prensados conforme os desenhos, em técnica própria. Os preços vão de 6,00 a 80,00 euros. sandra@sandraguerreiro.com

Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo

Continua após a publicidade

Publicidade