Minimalismo esta no DNA dos italianos

Italianos mostram que pouco é muito na exposição Concept Houses, na feira Abitare il Tempo, que vai até o dia 24 de setembro.

Por Pedro Ariel Santana Atualizado em 20 dez 2016, 22h02 - Publicado em 21 set 2007, 19h01
A estante da Poliform, desenhada por Carlo Colombo, cobre toda a parede do qu...

Metade do pavilhão 8 do Complexo Fiera Verona recebe uma exposição de Concept Houses. Doze escritórios italianos foram convidados a mostrar suas idéias de arquiterura e decoração utilizando materiais, móveis e objetos que estão expostos nos estandes dos demais pavilhões. Dois deles se destacaram: Carlo Colombo e Luca Scacchetti.

Carlo Colombo, conhecido no Brasil por desenhar as cozinhas Linah, da Ornare, é um típico representante do minimalismo italiano dos anos 1990, da mesma escola de Piero Lissoni e Antonio Citterio. Mesmo parecendo fora de moda, Colombo segue o estilo no qual acredita, com uma arquitetura limpa e móveis baixos, de linhas retas. O resultado é belissimo, ainda que não traga grande novidades.

Lucca Scacchetti parece mais de acordo com as últimas tendencias para casa, mas também demonstra que o minimalismo está no sangue dos italianos. Sua casa revestida de limestone recebeu móveis e objetos versáteis, todos desenhados por ele próprio.

No ambiente de estar, uma parede de madeira esquenta o ambiente e contrasta c... oucas cores estao presentes na casa: preto, branco, bege e cinza Lucca Scacchetti cobriu todas as paredes com placas de limestone. Nos quartos, em vez de cama, sofás Easy Sleep, de Lucca Scacchetti para a Do... No corredor, coleção de quadros com molduras volumosas e uma série de lumi...

Continua após a publicidade

Publicidade