David Libeskind fala sobre o projeto do Conjunto Nacional

Orgulhoso, David Libeskind conversou com A&C sobre seu maior projeto

Por Redação Atualizado em 19 jan 2017, 15h52 - Publicado em 23 out 2013, 19h25
premio-arquitetura david-libeskind-fala-sobre-o-projeto-do-conjunto-nacional

Como foi a criação do Conjunto Nacional?

Eu tinha apenas 26 anos, mas tomei coragem e fui encontrar o empresário José Tjurs. Ao entrar em seu escritório, ele me perguntou: o que você quer, menino? E tentou encerrar a conversa, mas eu insisti. Estava sem nenhum trabalho e pedi uma chance para mostrar minhas ideias. Peguei um papel na hora e risquei um croqui de como imaginava o complexo. Ele tomou a folha, olhou e me disse: você tem uma semana para me apresentar um projeto. Voltei para a pensão onde me instalara ao chegar de Belo Horizonte, no centro de São Paulo, e comecei a trabalhar alucinadamente dia e noite. Tinha até câimbra nos dedos de tanto desenhar. Convoquei alguns amigos para ajudar e criei uma maquete de madeira para apresentar o resultado, definido por uma lâmina horizontal para a galeria de lojas no térreo, uma grande abóbada transparente, e um volume vertical de apartamentos e escritórios. Eu mesmo me surpreendi com a qualidade do meu projeto. Quando entreguei, ele fez cara feia e não disse nada. Fui embora e, três dias depois, o seu funcionário francês, com chapéu e lencinho branco no bolso, bateu à porta da pensão. Assim que abri, ele tirou o lenço do bolso, o sacudiu e disse: o José está te chamando. Ao chegar no escritório, ele avisou que iria construir minha obra. Foi uma bela surpresa. Depois levei mais um ano detalhando as plantas com rigor, pois sou um arquiteto-engenheiro, com forte base técnica. É uma grande honra ter desenhado e dado o nome ao empreendimento.

 

Continua após a publicidade

Quais foram suas grandes referências?

Até hoje lembro o impacto que o Conjunto da Pampulha, criado por Oscar Niemeyer em Belo Horizonte, teve na minha vida. Deslumbrado, eu ficava pensando como alguém poderia ter imaginado algo tão belo. Mais tarde, me encantei com o Copan.

david-libeskind-fala-sobre-o-projeto-do-conjunto-nacional-1

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade