Casa Created with Sketch.

A pintura dos Arcos do Jânio e outros grafites que geraram polêmica

Você acha que os grafites no Arco do Jânio descaracterizam o patrimônio ou favorecem São Paulo?

Sao paulo

 (/)

No último final de semana de janeiro, o maior mural de grafites da América Latina foi finalizado, em São Paulo – ele fica ao longo da Av. 23 de Maio. Mas a polêmica já começou: arquitetos consideraram errada a decisão da prefeitura de autorizar os grafites nos Arcos do Jânio (paredões com arcos e tijolinho aparente). Segundo os arquitetos, os arcos são patrimônio histórico e não poderiam receber essa pintura. Haddad, em contrapartida, diz que o grafite é uma realidade favorável a São Paulo.

O que você acha? Esse painel de grafite no Arco do Jânio é favorável a São Paulo ou descaracteriza um patrimônio?

Abaixo, você encontra outros seis grafites polêmicos:  

Banksy

Banski

 (/)

O artista de rua britânico, Banksy, é o mais polêmico grafiteiro contemporâneo. Praticamente todos os seus desenhos têm contexto político. O grafite acima foi removido em setembro de 2014 pela polícia antes que as autoridades se dessem conta de que se tratava de um dos desenhos irônicos de Banksy.

Homem-Coxinha

coxinha2

 (/)

Em 2010, um grafite no muro das obras do metrô Adolfo Pinheiro, em Santo Amaro, São Paulo gerou polêmica e foi apagado. Não o mural todo – feito por 40 artistas – , mas a parte do desenho que trazia um “homem-coxinha” vestido de policial correndo atrás de pessoas (acima), de autoria de Beto Silva e a parte que trazia a frase “todo vagão tem um pouco de navio negreiro” de Bruno Perê.

Castelo dos Gêmeos

castelo 1

 (/)

Em 2007, o conde de Glascow (na Escócia) convidou quatro artistas brasileiros para grafitar a fachada do Castelo de Kelbum: Os Gêmeos, Nina Pandolfo e Francesca Nunca. O Projeto Grafite que, inicialmente, deveria durar apenas três anos acabou ficando tão famoso e atraiu tantas visitas que o conde pediu ao órgão responsável pela manutenção dos prédios históricos da Escócia que o grafite fosse mantido.

Terrorismo dos Gêmeos

terrorismo

 (/)

Outro grafite dos Gêmeos envolvido em polêmica foi esse aqui. Em 2012, um dos grafites da exposição dos artistas no Institute of Contemporary Art, em Boston, foi associado a um incentivo ao terrorismo.

Bieber

Bieber

 (/)

O cantor Justin Bieber fez um grafite num muro de Hotel de Luxo na Austrália, em 2013. Embora o desenho tenha feito sucesso entre fãs, o prefeito da cidade de Gold Cost sugeriu tirar o desenho afirmando que o soco em um olho não tinha lugar na cidade.

Haddad

haddad2

 (/)

O Túnel entre a Rebouças e Paulista era cartão postal da cidade por conta do grafite. Quando alunos da Faculdade de Medicina pintaram a parede de preto e fizeram anúncio de uma de suas festas, o prefeito Fernando Haddad mandou que o túnel fosse repintado. No evento, ele aproveitou para deixar sua marca: um pato Donald. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s