11 de setembro: Nova Iorque abre Memorial do World Trade Center

Após 10 anos do atentado terrorista às torres Gêmeos, a cidade ganha uma praça no lugar chamado de Marco Zero.

Por Reportagem: Denise Gustavsen e Mariane Morisawa Atualizado em 19 jan 2017, 15h25 - Publicado em 9 set 2011, 13h38
Um título para uma foto sem titulo

Cercados por um bosque formado por 400 pés de carvalho, dois espelhos- d’água com cascata dão vida ao memorial do WTC, em Nova York, a ser inaugurado no dia 11 de setembro. Nesse mesmo lugar, há dez anos, um ataque terrorista derrubou as torres Gêmeas e matou quase 3 mil pessoas. Além de lembrar o nome de todas as vítimas, a praça fecha o buraco antes ocupado pelos oito andares de garagem dos prédios destruídos. Nesse espaço subterrâneo, um museu ainda inacabado irá expor pedaços de entulhos recolhidos dos escombros. “Trata-se de um projeto urbanístico importante para a cidade, mas também de um sítio arqueológico, um lugar de lamento”, diz a arquiteta Anna Dietzsch, do braço brasileiro do Aedas, escritório americano responsável pelo desenho. Para visitar o endereço, é preciso agendar horário.

Um título para uma foto sem titulo
Publicidade