Casa Created with Sketch.

Porque você deve cortar o cantinho de sua esponja velha!

Não jogue fora imediatamente aquela esponja antiga. Antes de fazê-lo, confira abaixo como ressignificar o objeto e ajudar o meio ambiente!

 (Divulgação/Casa.com.br)

Aqui vai uma verdade meio chata: muitos de nós usamos esponjas de cozinha em nossos pratos e louças por muito mais tempo do que provavelmente deveríamos. Não acredita? Pois saiba que os microbiologistas responsáveis por um estudo recente sobre o assunto na revista Scientific Reports recomendam substituir sua esponja a cada semana.

Se você está apegado à crença de que ferver ou pôr sua esponja favorita no microondas a mantém limpa o suficiente para permanecer em uso regular, atenção! Segundo o estudo, isso pode inicialmente reduzir cerca de 60% das bactérias, mas não esteriliza o objeto. Descobriu-se que, mesmo as esponjas rotineiramente limpas dessa maneira, possuem tantas bactérias quanto as não limpas.

Mas, sim, a gente entende que esponjas não crescem em árvores. Se é inacessível, para você, trocá-las por novas toda semana, deveria considerar fazê-lo pelo menos uma vez por mês caso lave a louça diariamente. 

Mesmo assim, você não precisa se desfazer inteiramente de sua esponja – por que não tentar um truque inteligente de reciclagem?

Corte um canto da esponja e a ressignifique!

 (Divulgação/Casa.com.br)

No que diz respeito ao trabalho sanitário, você deve jogar fora essa esponja suja. Mas quando chegar a esse ponto – em que já está obviamente muito nojenta para limpar seus balcões e louças – corte um canto do objeto.

Esse recorte serve para identificar essa esponja específica como uma esponja de utilidade. Esconda o aparelho seccionada em uma distância respeitável de suas novas esponjas, ainda limpas. Use-o para os momentos que precisa esfregar superfícies sujas, como a lata de lixo, o banheiro ou até os pneus. 

Em algum momento, essa esponja trabalhadora cederá e estará realmente pronta para ser jogada fora. A essa altura, porém, você pode ficar tranquilo sabendo que literalmente explorou o seu potencial ao máximo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s