Casa Created with Sketch.

Em São Paulo, Paraisópolis ganha horta comunitária

Espaço terá 900 m² para cultivo e vai oferecer ações de capacitação e mudas para garantir alimentação saudável para a comunidade

Dia 16 de outubro é o Dia Mundial da Alimentação. Em 2020, nesta data, o Instituto Stop Hunger lança um projeto que inclui uma horta comunitária e ações de capacitação e educação para a comunidade de Paraisópolis, favela localizada na Zona Sul de São Paulo.

O projeto é resultado da parceria com o Instituto Escola do Povo e cria um novo espaço, com aproximadamente 900 m², para cultivo de hortaliças, com o objetivo de educar, capacitar e distribuir as hortaliças aos moradores da comunidade, cadastrados ao projeto, garantindo a eles uma alimentação mais saudável.

O local terá ainda módulos para plantio de frutas, hortaliças e hortas verticais. Durante os workshops haverá capacitação com ensino de técnicas de cultivo, redução e reutilização de resíduos orgânicos aplicados como fertilizantes na horta. Ao todo serão mais de 60 tipos de espécies de hortaliças e frutas que serão cultivadas – a previsão é beneficiar mais de mil pessoas, com ênfase na capacitação de mulheres.

Para ler este conteúdo completo, acesse o site CicloVivo!

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s