Móveis ganham nova função e expõem coleções de colheres e conchas

Um móvel de madeira de lei guarda a coleção de colheres e, para deixar as conchas à mostra, a solução foi uma mesa de centro com tampo de vidro

Por Jefferson Ohara (PR) Atualizado em 14 dez 2016, 12h24 - Publicado em 29 out 2013, 18h02
01-moveis-ganham-nova-funcao-e-expoem-colecoes-de-colheres-e-conchas

“Como viajar e não voltar com pelo menos um suvenir na mala?”, pergunta a médica Regina Brovini, moradora de Maringá, PR, que resolveu focar em delicadas colheres de chá para representar as cidades do Brasil e do mundo pelas quais já passou. “É um item pequeno, bonito e fácil de encontrar em lojas de artigos turísticos”, justifica. Muitas milhas após o primeiro exemplar, adquirido em Lisboa em 1998, hoje a coleção soma 132 unidades. Para hospedar todas, nada melhor do que as gavetas rasas de um imponente móvel de madeira de lei entalhada (0,70 x 0,40 x 1,90 m): “É uma peça especial, que herdei da minha mãe. Originalmente, pertenceu a um consultório de dentista do início do século 20”.

02-moveis-ganham-nova-funcao-e-expoem-colecoes-de-colheres-e-conchas

Se a saudade do mar não quer ir embora…

De uma viagem a Florianópolis, Regina não trouxe uma colherinha de chá, mas o expositor perfeito para suas conchas, que antes moravam no fundo de um armário. Descoberta por acaso em uma loja de móveis, a mesa de centro de imbuia (1 x 0,80 x 0,40 m) até parece ter sido feita sob medida para expor a coletânea através de seu tampo de vidro, que deixa à vista o interior de quatro gavetas. Forrá-las de areia foi o toque de mestre – sem esse detalhe, o conjunto não teria nem a metade da graça! A carioca, que vive longe do litoral há cerca de 30 anos, finalmente pôde comemorar: “Conquistei uma paisagem praiana bem no meio da minha sala de estar”.

03-moveis-ganham-nova-funcao-e-expoem-colecoes-de-colheres-e-conchas 04-moveis-ganham-nova-funcao-e-expoem-colecoes-de-colheres-e-conchas
Continua após a publicidade

Publicidade