Luminárias de Adriana Yazbek misturam papel japonês e tule a led

As peças medem 60, 38 e 67 cm de altura

Por Reportagem visual Carolina Diniz Texto Amanda Sequin Atualizado em 20 jan 2017, 15h36 - Publicado em 15 dez 2014, 18h26
01-luminarias-de-adriana-yazbek-misturam-papel-japones-e-tule-a-led

Nas cuidadosas mãos desta arquiteta, designer e cenógrafa, o washi, papel milenar da cultura japonesa, é matéria-prima há tempos. Mesmo antes de começar na área, há 15 anos, ela já estudava o material resistente, que, hoje, rende belas coleções de acessórios e luminárias. A mais recente, Estrelar, leva também tule e pequenos pontos de led costurados em meio às tramas, sendo que uma lâmpada comum dá conta da iluminação principal. Os cinco modelos, produzidos sob encomenda, custam desde R$ 2,8 mil em seu ateliê.

Publicidade