Casa Created with Sketch.

A cadeira Brno é a peça favorita de Esther Giobbi

A arquiteta elegeu a cadeira de Mies van der Rohe como seu objeto predileto. A peça é encontrada na Forma por 1 875 reais, forrada de couro. Na edição de agosto de 2010, da revista CASA CLAUDIA, a arquiteta Débora Aguiar escolheu a poltrona Mole, de Sergio Rodrigues como sua peça favorita.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

A arquiteta Esther Giobbi gosta de mesclar o design racionalista com elementos étnicos de outras culturas. Ela destaca, porém, que as décadas de 1930 e 40 são sua eterna fonte de inspiração. “Mesmo desgastado, o art déco ainda é uma referência”, conta. É desse período a sua peça predileta: a cadeira Brno, um clássico de 80 anos.

O que a encanta nessa peça? Ela é um clássico do design que eu sempre valorizei. Todos os arquitetos da Bauhaus foram inovadores e criaram móveis e objetos que são atuais até hoje. A Brno é uma das muitas criações geniais de Mies van der Rohe. Gosto do desenho simples, limpo e equilibrado.

Em que ambiente você costuma usá-la?

Pode ser usada em qualquer ambiente. Aqui, por exemplo, usei na minha sala de reunião. Mas ela é muito adequada à sala de jantar ou à sala de jogos.

Quando você adquiriu suas cadeiras Brno?

Logo que montei o escritório, em 1986, eu comprei esse jogo de seis peças. Eram de couro cinza. Agora resolvi revesti-las de couro turquesa. Com essa tonalidade, tirei um pouco do ar sisudo que elas tinham.

Você considera Mies van der Rohe um mestre?

Mies foi um arquiteto com muita visão. Porém, hoje, quando vejo alguns de seus projetos, sinto que são um pouco áridos e frios. Por isso, gosto de misturar peças e estilos sem medo. A estética dos anos 1940 usou as linhas racionais do mobiliário da Bauhaus com uma proposta um pouco mais quente e glamourosa.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

O arquiteto alemão Mies van der Rohe (1886-1969) é considerado um dos ícones da arquitetura modernista. Na década de 1930, ele dirigiu a Escola Bauhaus, na Alemanha. Nesse mesmo ano, desenhou a cadeira Brno, criada para fazer parte do mobiliário da casa projetada por ele em Brno, uma pequena cidade da República Checa.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.