O azul marca a parede e os móveis deste quarto

Desde que o recanto da decoradora Mara Porto, de Cachoeirinha, RS, vestiu-se da cor do mar, a serenidade tomou conta do ambiente.

Por Geisa D'Avo Atualizado em 9 set 2021, 18h10 - Publicado em 2 jul 2018, 19h58

Desde que o recanto da decoradora Mara Porto, de Cachoeirinha, RS, vestiu-se da cor do mar, a serenidade tomou conta do ambiente. “Nunca tive um quarto em que me sentisse tão aconchegada”, conta a gaúcha, que resolveu usar o mesmo tom (Azul Niágara, ref. 10BB 15/154, da Coral) para tingir a parede da cabeceira e os móveis logo à frente dela – mas foi preciso respeitar as características dos materiais, por isso a alvenaria foi coberta de látex PVA fosco, e a madeira, de esmalte sintético acetinado.

Ricardo Jaegger/Minha Casa

Tanto o criado-mudo, que antes pertencia a um dos filhos de Mara, quanto a cômoda, garimpada em uma loja de usados (Comércio de Móveis Vargas), foram reformados pela própria moradora: “Deixei apenas os tampos na madeira original”. Itens com valor sentimental, como o quadro do artista plástico Madu Lopes e a palavra “amor” feita de arame pela artesã Ana Moraes, complementam a ambientação.

Ricardo Jaegger/Minha Casa
Continua após a publicidade

Publicidade