Open House: chame os amigos e inaugure a casa!

A decoração ficou pronta? Convide as pessoas mais próximas e apresente seu novo endereço. A ordem é abrir as portas, deixando a formalidade do lado de fora. Petiscos graciosos – e fáceis de fazer – dispensam pratos e talheres. E a bebida também é self-service. Assim, todo mundo curte muito mais.

Por Por Flávia Pinho | Reportagem visual Carla de Franco e Flávia Pinho | Fotos: Carlos Piratininga Atualizado em 9 set 2021, 23h38 - Publicado em 20 jan 2017, 16h41

Continua após a publicidade

Open house (casa aberta, em inglês) é o nome que se dá à estreia da casa. O evento pede capricho, mas nada de estresse, pois as regras de etiqueta estão mais flexíveis. “Antigamente, chique era ter louças combinando”, diz Oghan Teixeira, da Ghee Banqueteria, em São Paulo. “Hoje, vale misturar materiais e inventar novas funções para objetos que já temos.” A pedido de MINHA CASA, Oghan criou um cardápio de petiscos para pegar com os dedos (a chamada finger food), que reduz a trabalheira de lavar pratos e mais pratos. O centro das atenções é a estação de minicachorros-quentes adaptada a uma panela de fondue. No cantinho transformado em bar, cada um se serve sozinho, enquanto você fica livre para conversar e dançar ao som de uma trilha escolhida para divertir e integrar as pessoas. Tem jeito mais agradável de receber?

Antecipe o preparo e relaxe na hora certa

• Sem frituras, o cardápio pode ser elaborado mais cedo. Quando os convidados começarem a chegar, é só aquecer alguns itens – tudo no seu tempo, sem corre-corre. Porções pequenas são facilmente devoradas enquanto se está de pé, sem interromper o bate-papo.

Continua após a publicidade

 

• Salgadinhos são irresistíveis para acompanhar as bebidas, mas há um momento em que cai bem uma comidinha mais nutritiva. Pode ser uma saladinha substanciosa ou, nas noites frias, uma porção reduzida de sopa – ambas servidas em copinhos individuais.

Continua após a publicidade

• Tem bebida para gostos variados: cerveja, drinques à base de vodca e sucos de frutas sem álcool.

Continua após a publicidade

Soluções espertas reduzem os custos

Continua após a publicidade

• Repare como o caminho de mesa, em tons de laranja, cinza e preto, está em perfeita harmonia com a decoração. Foi confeccionado pela Reformadora Paulista, com tecido de algodão da Niazi Chohfi.

Continua após a publicidade

• O balde de silicone laranja (da Tubtrugs), com capacidade para 26 litros, foi alugado na Ritz Festas – você retira o produto um dia antes do evento e o devolve um dia depois.

Continua após a publicidade

• Os guardanapos com estampa de arabescos seguem a paleta de cores do caminho de mesa (Casa da Madeira). Deixe os decorados sobre a mesa e reserve uma boa quantidade dos brancos, mais baratos, no bar ou na cozinha.

Continua após a publicidade

• Não há sofás e cadeiras para todos? Sugira aos amigos que tragam almofadas ou banquetas de casa. O encontro ficará muito mais informal e animado.

Continua após a publicidade

Não tenha medo de inventar moda!

Continua após a publicidade

• Ofereça salgadinhos chips e grissini (torradas em palito) em copos e taças. Realize um inventário das louças que possui nos armários e não hesite em misturar materiais.

Continua após a publicidade

• Já que não há garçons, faça plaquinhas com o nome dos petiscos. É prático e simpático.

• Flores levantam o astral da casa. Veja como as jarrinhas do Pronto Socorro do Vidro valorizam os pequenos buquês de alstroemérias e rosinhas cor de laranja.

Continua após a publicidade

• Velas também são essenciais, pois garantem o clima festivo. Taças de sobremesa Paulista, da Nadir Figueiredo (Casas Goianita), viram atraentes castiçais. Basta enchê-las com água e usar velinhas próprias para boiar (J. C. Marrach).

Continua após a publicidade

• Crie um espaço para os convidados registrarem o que acharam da festa e do endereço novo – pode ser um pequeno varal ou um quadro metálico com ímãs. Você vai adorar reler os bilhetinhos no futuro!

Continua após a publicidade

Saladinha de macarrão com legumes

Ingredientes:

Continua após a publicidade

• 500 g de risoni (macarrão no formato de arroz)

Continua após a publicidade

• 250 g de cenoura em quadradinhos

Continua após a publicidade

• 200 g de casca de abobrinha em cubinhos

Continua após a publicidade

• 200 g de casca de berinjela em cubinhos

Continua após a publicidade

• folhas de manjericão fresco

Continua após a publicidade

• alecrim fresco picado

Continua após a publicidade

• 100 ml de azeite

Continua após a publicidade

• sal a gosto

Continua após a publicidade

• pimenta-do-reino branca a gosto

Continua após a publicidade

Preparo:

Continua após a publicidade

1. Cozinhe o risoni sem deixar amolecer.

Continua após a publicidade

2. Em uma frigideira, aqueça 1/3 do azeite e refogue a cenoura. Repita a operação com a abobrinha e, depois, com a berinjela.

Continua após a publicidade

3. Misture o risoni aos vegetais. Tempere com sal, pimenta e alecrim. Sirva a salada fria, decorada com manjericão.

Continua após a publicidade

Rendimento: 10 porções

Continua após a publicidade

Dica MINHA CASA

Continua após a publicidade

Fica uma delícia com queijo parmesão ralado!

Continua após a publicidade

Clima de festa do começo ao fim

Continua após a publicidade

• Brigadeiros gourmet estão na moda e não há quem resista a eles. Sirva uma degustação no final da noite: todo mundo vai se sentir criança de novo!

Continua após a publicidade

• Deixe à mão, no banheiro, uma cestinha com envelopes de sal de frutas, fio dental, enxaguante bucal, lenços descartáveis e toalhinhas individuais.

Continua após a publicidade

• Monte um cantinho da despedida e entregue, como lembrança, CDs gravados com a trilha sonora da festa. O encontro vai ficar para sempre na memória dos seus convidados.

Continua após a publicidade

Caixa de CDs

De MDF cru, própria para artesanato foi revestida de papéis para scrapbook e cola branca. Casa da Madeira

Continua após a publicidade

Envelopes

Continua após a publicidade

São quadrados, com visor de acetato transparente. Papyrus.

Continua após a publicidade

Publicidade