Jeitos fáceis de preparar marmitas e congelar comida

Uma boa opção para quem quer fugir do fast food e economizar dinheiro com alimentação fora de casa

Por Luiza Cesar Atualizado em 11 jul 2022, 22h40 - Publicado em 13 jul 2022, 19h00
Marmita organizada
ANTONI SHKRABA/Pexels

Preparar, organizar e congelar as marmitas corretamente são etapas fundamentais para evitar desperdício e doenças, como intoxicações alimentares, e aumentar a conservação e durabilidade dos alimentos.

Com os cuidados de preparo e armazenamento, a comida terá o mesmo aspecto e sabor da servida na hora. Entenda como preparar refeições para a sua semana de forma segura e gostosa com as dicas da personal organizer Juçara Monaco:

Cuidado com o preparo das refeições que serão congeladas

Temperando comida
Reprodução/Giphy

O congelamento torna os alimentos mais macios. Portanto, eles devem ser cozidos por menos tempo do que o normal. Além disso, deve-se utilizar menos sal e temperos, já que com o processo tende a torná-los mais intensos.

Evite o uso de creme de leite, iogurte e maionese, já que esses ingredientes costumam estragar com mais facilidade. Também não se deve congelar vegetais crus, ovos cozidos e macarrão sem molho. Coloque etiquetas com o nome e a data de preparo e posicione na frente do freezer os alimentos com validade menor.

Quais tipos de potes usar?

Preparação de marmitas
Reprodução/Giphy

O ideal é armazenar em potes de vidro temperado com tampas herméticas ou sacos específicos para congelamento. Potes plásticos até podem ser utilizados desde que tenham a garantia de BPA Free. Observe também se o produto aguenta a troca de temperatura, uma vez que, eventualmente, você irá levar a refeição para o microondas.

Espere os alimentos esfriarem antes de colocá-los no freezer ou congelador, com os potes abertos para evitar a formação de água no seu interior. As marmitas duram até 30 dias congeladas à temperatura de -18°C.

Preparação de marmitas
Reprodução/Pinterest

Invista também em uma bolsa térmica para o transporte. Essa é a melhor maneira de evitar que a comida estrague no caminho, e se tiver gelo artificial, melhor ainda.

Como acomodar os alimentos nos potes de marmita?

Preparação de marmitas
Reprodução/Giphy

Separe os alimentos por tipos: secos, molhados, crus, cozidos, assados e grelhados. O ideal é que os legumes sejam colocados em um compartimento separado na marmita. E que as verduras sejam armazenadas na geladeira, depois de secas.

A salada deve ser temperada na hora e o tomate fatiado antes de ser servido, para que não murche.

Continua após a publicidade

Embalagens pequenas facilitam a organização da quantidade certa de cada refeição, reduzindo o desperdício. Não deixe o pote superlotado, porque o ar frio precisa circular entre os alimentos.

Como descongelar?

Preparação de marmitas
Ella Olsson/Pexels

Não se deve descongelar um alimento à temperatura ambiente por causa do risco de contaminação, e com as marmitas congeladas essa regra não é diferente. Deve-se tirá-la do congelador ou freezer e deixá-la descongelando dentro da geladeira. Caso precise que o processo seja rápido, use a função descongelar do microondas.

Quais alimentos podem ser congelados?

Legumes
Engin Akyurt/Pexels

Na hora de preparar as refeições, abuse da criatividade. Afinal de contas, é possível congelar quase tudo! Pense nos ingredientes e nos nutrientes para uma refeição ideal. Escolha uma proteína, um carboidrato, verduras, legumes e leguminosas para cada dia.

Monte o cardápio e separe um tempo para cozinhar: é recomendável que você planeje o que deseja comer em cada dia, assim não perde tempo na cozinha e compra os alimentos na medida certa.

Dá para fazer 5 marmitas para a semana em apenas 1 hora. O grande truque é preparar alimentos em grandes quantidades.

Marmita organizada
Ella Olsson/Pexels

Comece pelos pratos que demoram mais tempo no forno. Use a mesma assadeira para carnes e legumes – você pode fazer embrulhos de papel manteiga ou alumínio para separar os dois. Enquanto isso, prepare outras coisas.

Faça mais de um tipo de legume para dar mais variedade. Uma boa dica é colocar abóboras, cenouras, berinjelas, brócolis e abobrinhas lado a lado para assar por cinquenta minutos em forno pré aquecido a 180ºC.

Usando tabua de cozinha para fatiar legumes
Reprodução/Giphy

Use o mesmo ingrediente de maneiras diferentes: se você está fazendo carne moída refogada, por exemplo, guarde um pouco para preparar panquecas, ou misture com macarrão e molho de tomate para uma deliciosa massa à bolonhesa.

Outra opção versátil é o frango. Se fizer peito de frango ensopado em cubos, você pode separar uma parte para um delicioso estrogonofe.

Lembre-se que o arroz fresco é um ingrediente super importante na culinária brasileira. Prepare em bastante quantidade para complementar as suas marmitas da semana.

Continua após a publicidade

Publicidade