Descubra o que pode e o que não pode ficar no banheiro

Remédio, maquiagem, perfume, toalha, escova de dente destampada… Você se surpreenderá com as recomendações dos especialistas!

Por Minha Casa Digital Atualizado em 9 set 2021, 23h17 - Publicado em 15 fev 2017, 10h57

“Em contato com a umidade, alguns produtos têm suas características alteradas, e outros facilitam o surgimento de colônias de micro-organismos˝, diz o biomédico Roberto Martins, o famoso Dr. Bactéria. Quando esse for o caso, o item deve ser retirado do cômodo. Mas há muitos produtos que têm passe livre para permanecer nos armários e até sobre a bancada da pia. Saiba quais são eles e entenda o porquê.

Mudança de hábito, proibições e dicas para armazenar corretamente

VASO ABERTO? NUNCA!

✘ Para começar, é preciso saber que o principal foco de contaminação do banheiro é o vaso sanitário. “Ao acionar a descarga, milhares de bactérias são lançadas no ar – elas permanecem vivas por duas horas e infestam os objetos que estão no ambiente”, relata o biomédico. Mas o problema tem fim simplesmente se você mantiver a tampa fechada. Seguindo essa recomendação, alguns itens, como toalha de rosto, sabonete líquido e escovas de dente podem, sim, ficar expostos sem risco à saúde dos moradores.

ATENÇÃO À TAMPA DA LIXEIRA

✘ Para evitar a transmissão de germes, fuja das aberturas basculantes ou dos tipos que exigem manuseio. Prefira os modelos dotados de pedal ou abertura automática.

LUGAR DE MAQUIAGEM É…

✘ …bem longe da umidade! “Caso contrário, produtos, como blush, pó, sombra e base, podem ter a qualidade afetada, assim como os pincéis, que correm risco de embolorar”, diz Giovanna Morell, gerente da empresa de cosméticos Contém1g. Coloque-os em uma caixa, dentro de um armário arejado e seco, fora do banheiro.

REMÉDIOS NEM PENSAR!

✘ O vapor e as temperaturas elevadas do banho certamente alterarão as características dos medicamentos. “A umidade é mais implacável com cápsulas e comprimidos, que esfarelam e podem ter as propriedades inativas”, explica a professora Maria Letice, da Associação Brasileira de Farmacêuticos. Sendo assim, transfira-os para um cômodo fresco e seco – a dica é colocá-los em caixas com divisórias e usar etiquetas com nome e validade.

ESCOVAS DE DENTE NA PIA

✔ Ao contrário do que muita gente imagina, elas podem ficar na bancada e dispensam as capas protetoras – de acordo com o Dr. Bactéria, essas tampinhas representam perigo se as cerdas ainda estiverem úmidas, pois criam um clima ideal para a proliferação das bactérias. “Mantenha o vaso sempre fechado e deixe as escovas sobre a bancada sem medo. Para higienizá-las, lave com água corrente – não passe os dedos nem as seque na toalha – e pingue algumas gotas de gluconato de clorexidina, um antisséptico bucal. Depois basta posicioná-las de pé para que sequem naturalmente”, ensina.

ESMALTES E LÂMINAS

✘ ✔ A umidade também é inimiga dos esmaltes. “Eles precisam ser conservados em local seco, de pé e bem fechados”, orienta Soraia Arraes, gerente da Mundial Impala. Lixas também devem ficar longe do vapor para evitar a multiplicação das bactérias, assim como alicates, cortadores de unha e pinças, que correm o risco de oxidar. Já a lâmina de barbear em uso pode ficar aberta – lave com água corrente e deixe secar naturalmente.

PERFUMES LONGE DA LUZ

✔ Manter os frascos na caixa original é a forma mais adequada de armazená-los e preservar a vida útil das fragrâncias. “Mesmo assim, é melhor que estejam dentro do armário, protegidos da luz direta e das variações de temperatura”, aconselha César Veiga, coordenador da O Boticário. A mesma regra serve para o enxaguante bucal.

Continua após a publicidade

COM PROTEÇÃO, PODE!

✔ Rolos sobressalentes de papel higiênico, cotonete, algodão e absorvente estão liberados, desde que não estejam em contato direto com o vapor. O ideal é manter a embalagem dos produtos ou guardá-los em caixas plásticas com tampa, dentro do gabinete. Lentes de contato podem permanecer sobre a pia se estiverem fechadas em recipiente próprio, assim como as soluções para limpeza, mantidas nas embalagens originais.

CUIDADOS PESSOAIS

✔ Protetores solares são permitidos, já que são formulados para suportar temperaturas altas. Espuma de barbear e loção pós-barba também, entretanto, prefira mantê-las dentro do armário. E, claro, xampu, condicionador, sabonete e pasta de dente têm passe livre – deixe os produtos novos, que aguardam reposição, dentro do móvel. 

✘ Já hidratantes e cremes devem ser retirados do cômodo. “Algumas composições possuem substâncias sensíveis ao calor e à umidade, que podem alterar suas propriedades”, diz Luciana Lofredo, da Johnson & Johnson.

ELETRICIDADE NÃO COMBINA COM UMIDADE

✘ O ideal é que secador, chapinha e outros aparelhos fiquem longe do vapor, pois suas resistências correm risco de enferrujar. Se não houver saída, mantenha-os em caixas fechadas, dentro do gabinete.

TOALHAS E TOUCA LIBERADAS?

✘ ✔ A fim de evitar a formação de bolor nas fibras do tecido, reserve um local seco e arejado, fora do cômodo, para guardar o enxoval completo de banho. Porém, não é preciso ser radical: um jogo de toalhas, que será usado na próxima troca, pode ficar no banheiro. Também para evitar o bolor, a touca de banho deve secar ao ar livre – a dica é fixar um ganchinho na parede e pendurá-la.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade