Apartamento pequeno: projeto garantiu aconchego e elegância

O apê de 35 m², situado em um prédio no centro de São Paulo que se destaca pelas varandas coloridas, exibe visual amplo e clean

Por Texto: Isis Gabriel | Reportagem Visual: Juliana Corvacho | Fotos: Martín Gurfein Atualizado em 9 set 2021, 20h35 - Publicado em 24 ago 2017, 17h52

Em busca de um imóvel para investir, os arquitetos André e Mariana Weigand decidiram arrematar o apê e não mediram esforços para torná-lo o mais atraente e confortável possível. Com a ajuda da equipe do escritório Am.studio, do qual são titulares e sócios, criaram o projeto que tem como destaque a marcenaria sob medida. “Buscamos simplicidade nos acabamentos, até porque já temos a cor marcante da varanda”, diz André, referindo-se à pintura verde que não pode ser alterada, uma vez que compõe a estética da fachada – o degradê formado por matizes azulados e esverdeados leva a assinatura dos renomados Marcelo Rosenbaum e Guto Requena, responsáveis também pelo design das áreas coletivas do prédio.
Visual amplo e clean

Martín Gurfein/Minha Casa

º Com exceção do banheiro, todos os ambientes têm o mesmo piso, recurso que cria a sensação de amplitude. “Elegemos o vinílico (Acácia, ref. 9329619, linha Essence, da Tarkett. PersiPiso, R$ 168 o m² instalado), de fácil aplicação e mais resistente que os de madeira ou laminados – adequado, portanto, para a varanda. Tem, ainda, bom desempenho acústico e térmico”, justifica o proprietário.

Martín Gurfein/Minha Casa

º “O sofá tem a mesma altura e largura da cama para não haver separação entre os espaços. Além disso, se o encosto fosse mais alto, não daria para ver TV da cama”, observa André.
º A cabeceira é de MDF, dividida em três placas para facilitar o transporte. Na parede, tinta tom off-white (Açúcar Cristal, ref. A204, da Suvinil).

Martín Gurfein/Minha Casa
Continua após a publicidade

º “Não queríamos que a entrada do banheiro fizesse parte do ambiente, por questão de privacidade e de estética. Assim, criamos um lambri de MDF para escondê-la”, conta.
Conta certa

Ilustração Alice Campoy/Minha Casa

º A cama (1) tem 1,60 m de largura, medida que norteou a escolha do sofá (2).
º “A norma técnica indica que deve haver espaço livre de 60 a 75 cm nas laterais da cama (3). Aqui, temos cerca de 90 cm”, aponta André.
Funcional, versátil e na medida

Martín Gurfein/Minha Casa

º Ocupando toda a parede, a peça de marcenaria tira proveito do espaço. De MDF com acabamento amadeirado, os módulos atuam como guarda-roupa, sapateira, estante, gabinete e despensa.

º A cozinha compacta dá conta do recado, com cooktop, micro–ondas e pia com frontão revestido de subway tiles (Metrô Cream, 20 x 10 cm, da Eliane. Balaroti, R$ 67,99 o m²).
º Com muitas opções de serviços, o condomínio oferece também lavanderia coletiva, por isso, não foi preciso investir em uma lava e seca.

*Preços pesquisados em maio de 2017, sujeitos a alteração.

Continua após a publicidade

Publicidade