10 atitudes para manter a casa em ordem

O segredo para conservar o lar arrumado, segundo especialistas, é adotar hábitos e medidas simples que prometem fazer a diferença no dia a dia. Confira

Por Texto: Letícia de Almeida Alves Atualizado em 9 set 2021, 20h29 - Publicado em 11 set 2017, 16h28

1. Desapegue com leveza
Não tem jeito – para organizar de verdade uma casa, é preciso deixar ir o que não faz mais sentido. E que tal misturar desapego e diversão? Os americanos Ryan Nicodemus e Joshua Fields, do site The Minimalists, propõem um jogo em que a pessoa se desfaz de um objeto no primeiro dia, dois no segundo e assim por diante, totalizando 496 itens ao final de 31 dias, desafiando um amigo ou familiar a fazer o mesmo. O objetivo parece alto? Tente pelo menos um item por dia. “Se desfaça de aparelhos sem conserto, roupas que não servem mais ou objetos sem chance de um bom uso”, aconselha a designer de interiores Mariane Cunha,de São Paulo.
2. O que te faz feliz?

Tomás Rangel (RJ)/Minha Casa

Esse é o lema da guru da organização, a japonesa Marie Kondo, que criou o método KonMari, descrito de forma detalhada no livro Isso Me Traz Alegria – Um Guia Ilustrado da Mágica da Arrumação (Ed. Sextante). A ideia é manter somente o que nos traz genuína felicidade, afinal, não se trata apenas de jogar coisas fora. Outra dica é fazer essa filtragem não por cômodos, mas por itens, nesta ordem: roupas, livros, papéis, miudezas e, por último, itens de valor sentimental, em que o apego fala mais alto e pode afetar o processo.
3. Faxina setorizada

Foto Luis Gomes

Reunir em cestos plásticos os produtos utilizados na limpeza de cada cômodo ajuda muito a manter tanto o armário da lavanderia quanto a casa organizados. “Quando for limpar o banheiro ou os quartos, basta levar o cesto referente, sem perder tempo procurando os produtos. Algum ambiente pode exigir dois ou mais cestos, mesmo assim, eles estarão em ordem”, ensina a arquiteta carioca Leila Dionizios.
4. Caixa de pandora

Marco Antônio/Minha Casa

Nada de sair para comprar caixas organizadoras antes de eliminar o que deve ser descartado. Senão, elas vão inevitavelmente acabar se transformando em depósitos de coisas com as quais você não quer lidar.

Continua após a publicidade

5. Um apoio na entrada
Para evitar espalhar bagunça pela casa, instale um nicho ou aparador próximo à porta. “O objetivo é que aquele local reúna itens de uso cotidiano que precisamos ter à mão como bolsa, chave, correspondência, celular, carteira, guarda-chuva e sacola de mercado”, indica a organizadora Talita Melo,de São Paulo.
6. Arrume todo dia

Luis Gomes

O método Declutter, criado pela americana Marla Cilley, tem o intuito de incluir tarefas curtas e diárias na rotina, até o hábito da organização se tornar natural. “Ao final de cada dia, passe por todos os cômodos da casa, recolha o que não pertence àquele espaço e devolva ao lugar de origem. Levará apenas 15 minutos”, exemplifica a especialista em organização Arlete Roschi, de São Paulo. “Pratique o hábito de guardar suas roupas diariamente, sem acumular as peças na poltrona do quarto”, acrescenta a personal organizer paulistana Adriana Saade.
7. A linguagemdo closet

Foto Carlos Piratininga

Deixe as roupas que você usa com mais frequência juntas, de preferência com acesso na mesma porta do armário. “Assim, não é preciso ficar abrindo e fechando várias portas para encontrar cada peça”, enfatiza a arquiteta Barbara Dundes, de São Caetano do Sul, SP. Uma maneira simples de saber quais roupas não estão em uso é virar a posição do cabide a cada item usado. Com o tempo, cabides intocados indicam o que pode ser doado ou realocado.
8. Home office eficiente

Home office caprichado

Com cada vez mais pessoas trabalhando em casa, o home office merece atenção. “Um armário com prateleiras e um gaveteiro garantem bancada livre e ambiente clean”, diz a arquiteta Débora Durigon, de São Paulo. Para não acumular itens sobre a mesa, ao final de cada dia devolva cada um ao seu lugar.
9. Listas de tarefas
Elas ajudam a priorizar as ações que devem ser feitas com mais urgência, bem como ordenam melhor as missões rotineiras, como a faxina ou as idas ao supermercado.
10. Consumo sob controle
Não adianta se desapegar de 10 pares de sapatos e comprar outros 10, certo? Será uma perda de tempo organizar se você pretende apenas substituir coisas velhas por novas. Marque um dia na agenda e se comprometa a interromper o fluxo do acúmulo.

marcos lima
Continua após a publicidade

Publicidade