Casa Created with Sketch.

Design do fim do mundo: o que você precisaria para sobreviver

Nunca se sabe quando o mundo vai acabar e você vai precisar lutar para sobreviver, com essa lista as coisas podem ficar mais fáceis

Um dos gêneros que faz muito sucesso na literatura e no cinema é aquele que aborda o mundo acabando. Falta de água, de comida, de eletricidade, sem carros e com prováveis lutas (literais) pela sobrevivência costumam ser os principais empecilhos nesses cenários.

E, bom, se você não pensou em como lidaria com uma situação dessa, essa lista com projetos para sobreviver a um apocalipse com certeza vai ser uma grande ajuda caso caia um meteoro, ou haja um super vazamento de material radioativo, ou uma infestação de zumbis… Enfim, caso o mundo acabe (a cada dia que passa nós estamos mais certas do apocalipse zumbi).

O-asis no Arizona, EUA, por The Ranch Mine

Esta casa no deserto do Arizona foi projetada para clientes que desejam ser capazes de produzir sua própria comida e energia caso sejam desligados do mundo exterior por uma falha na rede elétrica provocada por um evento climático. A casa tem uma horta, enquanto os painéis solares no telhado podem manter as luzes acesas e carregar o Tesla dos proprietários.

 (Reprodução/dezeen)

“Eles queriam gastar seu dinheiro para serem autossuficientes”, disse o cofundador da The Ranch Mine, Cavin Costello. “Os sinais apontam para uma situação em que o clima, juntamente com o envelhecimento da infraestrutura, estão colocando em risco nossas necessidades mais básicas.”

Vivos xPoint em Dakota do Sul, EUA, por Vivos

A empresa de sobrevivência Vivos, com sede na Califórnia, está reaproveitando quase 600 bunkers militares de concreto em abrigos de sobrevivência nas Black Hills do estado.

 (Reprodução/dezeen)

Pessoas preocupadas podem alugar um bunker anualmente, e a Vivos oferece um serviço extra para decorar o espaço para torná-lo mais confortável para esperar um ataque de asteroide ou uma guerra nuclear.

Future Survival Kit, por Lucy McRae

A artista de Los Angeles Lucy McRae projetou este traje usável como uma peça completa de equipamento de sobrevivência do apocalipse usado como uma concha de caracol. Ele descompacta para criar um abrigo portátil aconchegante.

 (Reprodução/dezeen)

“Raramente criamos algo significativo sem sermos confrontados com a beira do desastre”, disse McRae a Dezeen. “IA, meio ambiente, automação – esses temas estão desestabilizando nossas vidas aconchegantes.”

Just in Case, por Menosunocerouno

A empresa mexicana de branding Menosunocerouno criou a Just in Case antes do medo do juízo final de 2012 para “cobrir todas as suas necessidades apocalípticas básicas”.

 (Reprodução/dezeen)

Com embalagem amarela neon fácil de localizar, o kit continha itens essenciais como água, faca e fósforos, além de chocolate e álcool.

Comestível Invisível, por Julia Schwarz

A designer Julia Schwarz fez manteiga e pesto nutritivos de líquen, um organismo composto de algas e fungos, que poderia ser usado para ajudar as pessoas a sobreviver ao apocalipse climático.

 (Reprodução/dezeen)

“Os pesquisadores preveem uma escassez de alimentos causada pela superpopulação e clima extremo”, disse Schwarz. “Observando mais de perto o que as pessoas comiam em tempos de fome ou para sobreviver, o líquen apareceu várias vezes. Pessoas famintas não estavam mais morrendo e nem apresentavam sintomas de deficiência.”

Plano B da casa subterrânea, por Sergey Makhno Architects

Como o próprio nome sugere, este conceito é para um refúgio subterrâneo escondido sob uma entrada em estilo de bunker encimada por um heliporto para fugas rápidas. Sergey Makhno Architects projetaram a casa em resposta ao início da pandemia do coronavírus em 2020.

 (Reprodução/dezeen)

“Percebemos que o mundo tem muito mais surpresas desagradáveis ​​para nós”, disse o estúdio. “Mesmo os países mais desenvolvidos do ponto de vista ambiental, social e técnico podem não estar prontos.”

Cyberhouse, por Modern House Architecture & Design

Pegando suas sugestões de design do Cybertruck da Tesla, a Cyberhouse é um conceito para uma casa fortificada para aqueles que planejam sobreviver a um apocalipse zumbi completo com janelas blindadas e eclusas de ar.

 (Reprodução/dezeen)

“Seis ou sete pessoas podem esperar que tudo acabe aqui com conforto, provocando os zumbis do lado de fora com total segurança pessoal”, disse o estúdio de design russo Modern House Architecture & Design.

Jaqueta para ajudar a se preparar para o fim do mundo, por Marie-Elsa Batteux Flahault ›

Marie-Elsa Batteux Flahault, formada pela Design Academy de Eindhoven, criou essa jaqueta como uma peça de roupa leve para o cenário do fim do mundo. “Eu estava explorando a febre do fim do mundo que se espalhou com a previsão maia de 2012”, disse Batteux Flahault a Dezeen. “Enquanto investigava este assunto, descobri a existência dos preppers.”

 (Reprodução/dezeen)

As jaquetas de camuflagem vêm com dispositivos de flutuação embutidos, bandeiras de sinalização de néon, um cobertor de folha metálica e um capuz que se transforma em uma máscara facial e viseira. As facas ficam escondidas nas mangas e o capuz vem com instruções para usar o barbante como armadilha.

Casa na Lua, por BIG+Nasa

 (Reprodução/dezeen)

No caso do mundo acabar da forma literal e não seja mais possível habitar o planeta Terra, já existe um plano para isso. Não exatamente para isso, mas vai servir também. A Nasa e um dos maiores escritórios de arquitetura do mundo, o BIG, se uniram para projetar construções na Lua. Trata-se do Projeto Olympus, que tem como objetivo desenvolver uma infraestrutura impressa em 3D para viver no satélite natural, usando materiais encontrados em sua superfície.

Hotel no Espaço, por Orbital Assembly Corporation

Ainda no mesmo cenário de o planeta estar inabitável, a startup Orbital Assembly Corporation da Califórnia já tem planos de criar uma habitação para orbitar a Terra para 2027.

 (Reprodução/dezeen)

O plano inicial é fazer um hotel que caiba até 400 pessoas, com spa, cinema e todos os mimos que um projeto para lazer precisa ter. Mas, pensando no bem da humanidade desamparada, é possível fazer algumas adaptações para que caibam mais pessoas.

The Trench, por ADIFF

 (ADIFF/Reprodução)

É um casaco, mas é também uma barraca. Não foi exatamente feito para o fim do mundo. Na verdade, foi criado para pessoas que precisam lidar com a falta de abrigo e, além disso, a marca, ADIFF, capacita refugiados e cria produtos com materiais residuais tradicionais.

 (ADIFF/Reprodução)

Em um cenário apocalíptico, a falta de abrigo com certeza será um problema em algum momento. A não ser que você tenha esse casaco.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.