Paredes de pedra trazem rusticidade para espaços da CASACOR Brasília 2019

A aplicação invadiu os ambientes da mostra, trazendo-lhes personalidade os deixando rústicos, ousados, marcantes e em evidência

Por Yara Guerra Atualizado em 17 fev 2020, 15h50 - Publicado em 18 set 2019, 16h18
Ambiente “Nosso Recanto”, da arquiteta Larissa Dias. Clausem Bonifácio/Divulgação

Mais do que uma proposta ousada de decoração, uma parede de pedras é a evidência de que a mistura de estilos veio para proporcionar sensações e invadir os espaços e coração de profissionais.

Além de tudo isso, a aplicação da escolha natural promove um toque rústicoelegância e personalidade, que podem ser explorados em pisos, paredes, fachadas, mobiliário e onde mais a imaginação permitir.

Ambiente da arquiteta Larissa Dias na CASACOR Brasília 2019. Clausem Bonifácio/Divulgação

Versátil, o estilo não exige uma indicação específica de ambiente para ser aplicado – salas, quartos, cozinhas ou projetos comerciais podem todos receber pedras naturais.

Especialistas em decoração defendem que, além da grande durabilidade, quando feita uma boa manutenção, a solução agrega também sofisticação aos espaços, uma vez que é sempre sinônimo de elegância.

Quando em composições diferenciadas e equilibradas, como as que envolvem peças e escolhas mais leves para não “pesar” o ambiente, elas ainda são protagonistas, sendo sempre as primeiras a serem vistas e a atraírem olhares.

“Nosso Recanto”, de projeto de Larissa Dias. Clausem Bonifácio/Divulgação

A arquiteta Larissa Dias, por exemplo, é uma fã dessa mistura. Profissional brasiliense com 10 edições da CASACOR em seu currículo, aposta nas pedras como um diferencial para os seus projetos. “Os elementos brutos, como as pedras com suas superfícies irregulares, aguçam a curiosidade do toque”, acredita a profissional.

Continua após a publicidade

A sensação diferenciada é explorada por ela no Nosso Recanto, espaço que conta com grande painel de pedra. Esse mesmo material faz parte de redário e dá ainda mais vida ao espaço que tem no natural a sua essência.

Ambiente “Planeta Brasília”, pela arquiteta Gabriela Gontijo. Clausem Bonifácio/Divulgação

Apostas da decoração, os painéis também são destaque no projeto assinado por Gabriela Gontijo. A arquiteta investe na beleza do quarzito verde como escolha para decorar toda uma parede de projeto, cuja inspiração é a beleza de Brasília.

Espaço que fala por si só, o Planeta Brasília recebe a leveza dos tons claros da pedra e remete à personalidade que a capital tem em sua história.

“Casa Dell Anno”, por Cybele Barbosa + Arquitetos Associados. Jomar Bragança/Divulgação

Para os mais ousados e criativos, o painel desenvolvido por Cybele Barbosa é a inspiração. Além de delimitar o espaço, ele é também uma solução decorativa.

Os seixos, geralmente são usados no piso, fazem parte de painel produzido com o elegante quarzito verde, que é envolvido com estrutura de aço e tem pedras em seus dois lados.

De um lado fica a sala e do outro o quarto e assim o ambiente integrado de 110 m² preserva a sua identidade sem prejudicar a privacidade de seu usuário.

Continua após a publicidade

Publicidade