Loft minimalista e iluminado se volta a momentos de meditação

Com uma paleta de brancos e cinzas, o espaço da CASACOR RJ 2019 evoca uma atmosfera de relaxamento com vista para a Baía da Guanabara

Por Yara Guerra Atualizado em 17 fev 2020, 15h49 - Publicado em 25 set 2019, 16h52
Denilson Machado/Divulgação

A arquiteta Jacira Pinheiro assina a Casa DOA na edição carioca da CASACOR – um loft iluminado de 90 m² que se debruça sobre a Baía da Guanabara.

Com tonalidades claras e com escolhas minimalistas que traduzem a vocação de “templo particular”, o ambiente busca proporcionar a tranquilidade de um lar em que é possível meditar, relaxar e revigorar as energias. “Em tailandês, ‘DOA’ significa oração”, explica Jacira.

O espaço conta com uma paleta de tons claros brancos e acinzentados, com toques de preto e madeira. Denilson Machado/Divulgação

Para traduzir o clima desejado, a arquiteta apostou em uma decoração atemporal, com poucos móveis e objetos cuidadosamente selecionados que remetem à memória afetiva.

Os pontos de cor ficam à cargo das muitas plantas, distribuídas em vasos de diversas alturas, que conferem frescor e vida ao ambiente.

Denilson Machado/Divulgação
Continua após a publicidade

Para o mobiliário, foram escolhidos estofados de linho branco com alguns detalhes de couro natural, além de peças de madeira e cinza claro.

A cama, sob medida, tem a cabeceira e laterais revestidas com tecido no padrão pied de poule. As estantes do quarto e do living são assinadas pela arquiteta e, para compor a mesa de jantar, foram mescladas cadeiras e um banco.

Sobre a mesa, pende o clássico LBB01, desenhado por Lina Bo Bardi para a Casa de Vidro. Denilson Machado/Divulgação

Uma estrutura de metal e de vidro, como um aquário, delimita a área de banho, que ganhou revestimento de pastilhas sobre o piso e em meia-parede.

Cuba e metais assinados por Jader Almeida e uma banheira com hidromassagem complementam a função SPA do cômodo, que conta ainda com persianas para conferir maior privacidade.

Confira abaixo mais fotos do ambiente:

Continua após a publicidade

Publicidade