Casa Created with Sketch.

Aprenda a combinar cores com o círculo cromático

A Suvinil explica como utilizar essa ferramenta para montar a paleta de cores ideal para sua casa

 (Suvinil/Reprodução)

Sabemos que escolher as cores da casa pode muitas vezes se transformar em um verdadeiro desafio. São muitas possibilidades, então como saber qual é o tom perfeito para expressar sua personalidade, ou deixar os ambientes com mais vida, energia e identidade?

E não para por aí. Como as cores quase nunca estão sozinhas, é importante saber combiná-las com outras tonalidades da decoração – seja em paredes, tetos, móveis e objetos -, para que se complementem, ajudando a compor o ambiente ideal para cada perfil e momento de pintura.

 (Suvinil/Reprodução)

Mesmo que esse seja um processo bastante pessoal, há como torná-lo mais prático e intuitivo. Para isso, a Suvinil explica uma ferramenta que ajuda muito nesta tomada de decisão: o círculo cromático. Abaixo, Sylvia Gracia, coordenadora de Marketing – Cor e Conteúdo na Suvinil explica quatro formas de uso para harmonização das cores no lar.

O que é o círculo cromático?

 

O círculo cromático nada mais é que uma roda colorida com doze tons que serve como guia para montar combinações que são bonitas e confortáveis aos olhos.

Quatro formas de combinar as cores

Cores opostas (ou complementares)

 

 (Suvinil/Reprodução)

Essa combinação é formada pelo uso das cores localizadas em lados opostos do círculo cromático. Assim, é possível escolher qualquer cor do leque e a que aparece na posição contrária será o par na combinação.

Cores Análogas

 

 (Suvinil/Reprodução)

Para esse efeito, deve-se escolher uma cor e identificar as que estão ao seu lado no círculo cromático. Assim, alcançamos uma combinação harmoniosa com tonalidades diferentes, porém na mesma luminosidade e saturação.

Veja também

Em Tríade

 

 (Suvinil/Reprodução)

Harmonizamos três cores que estão em distância igual dentro do círculo. Para facilitar, indicamos a formação de um triângulo com medidas iguais, assim, a combinação das cores estarão nas pontas.

Monocromática

 

 (Suvinil/Reprodução)

Para a composição monocromática, recomenda-se o uso da mesma cor em diferentes saturações e luminosidade.

Como escolher as nuances

Além do círculo cromático, para facilitar a escolha da cor, a Suvinil desenvolveu uma forma de observar as nuances sob uma nova ótica, facilitando a jornada de pintura e de compreensão das tonalidades.

 

Com seu novo conceito para escolha de cor, “Pra que Cor Você Quer se Abrir?”, a marca propõe a escolha de tons complementares utilizando a emoção e sensação que deseja-se passar com a decoração;

“Até o momento, a primeira decisão que se tomava na escolha de uma cor era pautada com base em agrupamentos por matizes, tais como Vermelhos e Roxos ou Laranjas e Amarelos. A partir de agora, com a nova proposta, a escolha será realizada por meio das sensações que as cores transmitem”, explica Sylvia Gracia.

 

 (Julia Ribeiro Fotografia/Suvinil/Reprodução)

As paletas são divididas por luminosidade, como Claras e Suaves ou Acentuadas e Acolhedoras, apresentando essas percepções como foco inicial da seleção.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.