Torre de J. Mayer H. Architekten muda paisagem na margem do mar Negro

Projeto do estudio J. Mayer H. Architekten tem 40 m de altura e chama atenção na república da Geórgia

Por Reportagem: Liège Copstein e Fernanda Massarotto Atualizado em 19 jan 2017, 13h41 - Publicado em 27 fev 2012, 19h18

Decidido a turbinar o turismo e o comércio com a Turquia, o governo da recém-emancipada república da Geórgia encomendou ao estúdio berlinense J. Mayer H. Architekten o inusitado projeto da sede de fronteira de Sarpi, às margens do mar Negro. Ali, desfrutam-se vista panorâmica, salas de conferência, lojas, cafeterias e bares distribuídos pelo prédio de seis andares repletos de terraços e pontos de observação. O branco imaculado contrasta com a superfície árida e rochosa da praia e o azul intenso da baía.

Publicidade