Casa Created with Sketch.

Revestimentos metálicos artesanais

Cobre, zinco, latão e aço inox, entre outros metais, viram belos revestimentos nas mãos dos artesãos da empresa N. Didini

A relação com a arquitetura vem de longa data. Filho de engenheiro, Nilton Didini trabalhava com o pai em construções até 1989, quando usou o cobre num projeto – e tudo mudou. A estética e a durabilidade do metal brilhante e alaranjado cativaram o profissional, que passou a executar acabamentos com essa matéria-prima. O tom verde, obtido pela oxidação natural, veio como segunda alternativa em 2001, ocasião em que a empresa adquiriu no Chile a fórmula para acelerar o envelhecimento da superfície. “Somos os únicos do país com a patente do método”, orgulha-se Rafael Coelho, flho de Nilton e sócio da N. Didini, referindo-se ao procedimento que reduz o fenômeno natural de 25 anos a 15 dias. Hoje, a técnica é igualmenteempregada em zinco-titânio e a companhia também utiliza alumínio, latão, aço inox, bronze e aço corten na produção, em boa parte artesanal. “Somos carpinteiros metálicos”, brinca Rafael, empolgado com o mais recente acréscimo no portfólio 25 anos depois: cobogós. Veja mais em www.ndidini.com.br.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s