Muro com cobogó dá privacidade sem tirar iluminação

O muro de cobogós na entrada desta casa confere privacidade à sala, sem abafá-la ou escurecê-la.

Por Texto Marjorie Okuyama Foto Edgard César Atualizado em 20 dez 2016, 22h21 - Publicado em 20 mar 2014, 18h09
01-muro-com-cobogo-da-privacidade-iluminacao

A fim de resguardar um ambiente e, ao mesmo tempo, preservar a boa ventilação e a iluminação natural, o elemento vazado costuma ser ótima alternativa. A residência ao lado, em Goiânia, sustenta a premissa de que o cobogó é um dos principais legados da arquitetura moderna brasileira. “Já no início do projeto, pensamos num muro feito desses elementos para proteger a sala envidraçada e voltada para a rua”, diz o arquiteto Leo Romano. Na montagem, ele especificou o bloco Golubov, criação do escritório brasiliense Domo Arquitetos Associados fabricada pela Premoldado Brasil. Com 30 x 30 cm, as peças, dispostas aleatoriamente, contêm um triângulo inclinado, o que destaca sua volumetria. Abaixo, detalhamos os cuidados adotados em duas etapas da instalação.

02-muro-com-cobogo-da-privacidade-iluminacao

Trama Segura: a cada duas fiadas de blocos ,vergalhões dispostos como malha, soldados em todo encontro, conferem estabilidade às 455 peças assentadas com argamassado tipo AC III para áreas externas. Equilibrio garantido: uma cinta metálica em formato de C contorna a murada inteira e termina engastada num pilar de concreto localizado na extremidade direita.

 

Continua após a publicidade

Publicidade