Mármore: ele ainda reina em pisos, bancadas, móveis e acessórios

Refinado como poucos materiais, o mármore é elegante e continua em alta nas peças e ambientes contemporâneos

Por Por Denise Gustavsen Atualizado em 20 dez 2016, 19h59 - Publicado em 21 jun 2014, 15h48

Em milhares de anos, desde que os gregos o usaram no Partenon e nos templos de Atenas e de Zeus, no século 5 a.C., o mármore nunca saiu de cena. Na Roma antiga, deu vida ao Panteão e, durante o Renascimento, a obras de mestres como Michelangelo – fonte inesgotável de inspiração para arquitetos e designers. Recentemente, o Salão do Móvel de Milão exibiu uma nova leva de criações, a exemplo da poltrona Proust, cuja confecção emprega comandos numéricos computadorizados para esculpir a rocha. Outros objetos foram trabalhados à mão, como nos velhos tempos. Na arquitetura, o mármore confere a elegância de sempre aos espaços e inova ao aparecer até em brises.

Publicidade