Fora da vista

Reforma de esquadria garante privacidade mesmo com porta de vidro

Por Da redação Atualizado em 20 dez 2016, 20h22 - Publicado em 3 dez 2006, 22h20
A peça de madeira freijó cobriu parte do vidro.

A porta de vidro temperado desta cobertura, em São Paulo, ficava de frente para outro prédio e tirava a privacidade dos moradores quando se dirigiam à piscina. Em vez de trocá-la, a arquiteta Adriana Assumpção encomendou uma peça de madeira para cobrir parte do vidro. Uma fábrica de móveis, no interior paulista, cortou duas placas de freijó com 15 mm de espessura que foi aplicada sobre o vidro. “Após dois dias de secagem, furamos cada peça de madeira em dois pontos e rosqueamos nelas os puxadores”, diz a arquiteta.

 

Cuidados com o vidro temperado

Em vez de madeira, a arquiteta teria opções de aplicar laminado plástico e tecido de fibra de vidro — desde que colados com silicone especial (de cura neutra). Não tente furá-lo ou cortá-lo. O vidro fica difícil de romper depois de submetido ao processo de têmpera na fabricação.

Continua após a publicidade

 

Materiais usados

2 placas de madeira (2,20 x 0,30 m)

2 bisnagas de silicone de cura neutra

Par de puxadores

Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo

Continua após a publicidade

Publicidade