Elementos típicos de canteiros de obra viram peças sofisticadas

O jeito de usar confere glamour a elementos brutos típicos de canteiros e oficinas, como pá, canos, telhas metálicas e até vergalhões

Por Por Denise Gustavsen Atualizado em 19 jan 2017, 15h49 - Publicado em 6 set 2013, 21h57

Não falta bom humor nem senso de improvisação a projetos com o aspecto inacabado, próprio das construções ainda sem os retoques finais. Desse universo de cimento, vergalhões, pás e telhas, saltam ideias para produtos e casas com viés ora provocativo, ora fashion. Os designers, a exemplo do paulistano Leo Capote, surpreendem. Depois de atuar por anos a foi na loja de parafusos do avô, ele agora assina móveis engenhosos, feitos de porcas, martelos e outras peças afins. As divertidas botas do superarquiteto francês Jean Nouvel, lançadas no Salão Internacional do Móvel de Milão deste ano, assemelham-se àquelas usadas pelos operários da construção civil. Já o arquiteto sueco Mattias Ståhlbom traçou uma luminária simples e moderninha: disponível numa cartela de 11 cores, é, basicamente, um soquete de luxo. Veja essas e outras criações.

Publicidade