Casa Created with Sketch.

7 lâmpadas charmosas e econômicas

Eficientes e cheias de charme, as lâmpadas estão cada vez mais plurais. Escolha a sua no meio desse campo tão democrático

Com design elaborado, elas fazem bonito ao acompanhar uma luminária discreta. As incandescentes e halógenas, conhecidas por sua luz suave e amarelada, ficam bem em ambientes que permitem aquela claridade no meio-tom, aconchegante. Entre as versões que poupam energia, figuram as fuorescentes e de led, nas quais a luz branca ainda é mais comum. Na hora da compra, atenção à voltagem dos modelos eletrônicos.

01-lampadas-charmosas-e-economicas

 (/)

1. Medida generosa: não parece, mas dentro desta esfera (10 cm de diâmetro) se esconde uma incandescente do tipo palito. Grande vantagem, pois reduz os gastos sem perder o estilo. A lâmpada Globo Grande, da Philips (18 W, 110 v), não é dimerizável e custa R$ 19,90.

2. Esqueleto de carbono: vintage como pede a moda, este exemplar é uma escultura por si só. Sua luz, amena, concentra-se nos filamentos de carbono, que ficam em evidência. A incandescente ST64 (64 W, bivolt) é dimerizável. Por R$ 62,80, na Mercolux.

3. Foco concentrado: substituta natural da incandescente, a halógena ganha pontos por aliar consumo comedido à maior vida útil. O filamento de tungstênio encanta pelo design. A GLS A60 (60 W, 110 v) aceita dímer. Da Fos, R$ 1,99.

4. Pequena notável: as incandescentes em formato de bolinha conferem um ar de delicadeza à iluminação, especialmente quando dispostas em conjunto. Solitárias, são ótimas para pequenas luminárias ou para criar focos de luz. A versão leitosa, da Osram (40 W, 110 v), funciona com dímer e é vendida por R$ 2,99.

5. Forma em destaque: com longa vida útil, as lâmpadas de led aos poucos conquistam o mercado. Nesta peça (3 W, bivolt), os 42 pontos se destacam sob o vidro transparente. Da Osram, não aceita dímer e vale R$ 48.

6. Vocação decorativa: a pequena flor de neon emite luz. Porém fica a dica: como possui baixo fluxo luminoso, o ideal é combiná-la a produtos de maior intensidade. Não dimerizável, a Lâmpada Orquídea (3,5 W, bivolt), da Mercolux  custa R$ 29,90.

7. Chama acesa: muito usado em lustres de vários bocais, este modelo incandescente também dá certo sozinho. Ideal para abajures e pequenas luminárias, a lâmpada Vela Fosca (40 W, 110 v), da Sangiano, sai por R$ 1,60 e comporta dímer.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s