Decore com tinta Por APRESENTADO POR CORAL Prepare o pincel e transforme as paredes nas protagonistas do seu cantinho ;)

Espaço da Coral na CASACOR São Paulo destaca o uso das cores

Inspirado em um caleidoscópio, o Loft Caleidoscoop Coral propõe aos visitantes mais ousadia na escolha da paleta da casa

Por Abril Branded Content Atualizado em 3 jul 2018, 10h13 - Publicado em 25 jun 2018, 16h31

Apesar de ser comum ter dúvidas na hora de escolher uma cor mais forte para um ambiente, é preciso ter em mente que, com criatividade, o espaço pode ser completamente transformado pelos tons colocados nas paredes. Os ambientes da edição 2018 da CASACOR São Paulo são ótimos exemplos disso e podem servir de inspiração para quem quer mudar o visual da casa sem grandes reformas e com orçamento mais justo. A convite da Coral, marca oficial de tintas da CASACOR, o arquiteto Maicon Antoniolli criou o Loft Caleidoscoop Coral, no qual as cores são o grande destaque. As paredes foram pintadas de forma a darem a ilusão de se estar dentro de um caleidoscópio, com diferentes planos e formas arquitetônicas.

“O caleidoscópio tem três faces, cada uma com um espelho que reflete a luz de maneira aleatória, sempre harmonizando as cores. A ideia do espaço é trabalhar com três reflexões sobre o uso da cor: a composição, a distorção e a fragmentação”, explica Antoniolli. As cores utilizadas pelo arquiteto foram Azul Puro, Creme Brulée, Explosão Cítrica, Floresta Amazônica, Madeira Enfumaçada e Rosa Irlandesa.

Quer saber como é estar dentro de um ambiente caleidoscópio? Confira aqui:

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=N0xCgs0AN5Y&w=560&h=315]

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=57Shu2fckvs&w=560&h=315]

Por ser um loft, o espaço conta ainda com uma área de cozinha e outra de estar, além de uma aconchegante suíte.

Continua após a publicidade

Outros ambientes da mostra também ousaram na cor e o resultado é bastante inspirador. O Hall da Biblioteca, criado por Bruno Carvalho, por exemplo, explora tons de azul, trazendo uma conexão com a natureza. “Além de eu gostar muito dessa cor, a elegi porque remete ao mar e ao céu, que simbolizam descanso, viagens, conhecer novos lugares”, afirma o arquiteto.

Para passear pelo ambiente, clique na imagem abaixo:

[vr url=https://casa.abril.com.br/wp-content/uploads/2018/06/bruno_carvalho_panorama1.jpg?quality=95&strip=info view=360]

As paredes levam a cor Olho Grego e a lareira, o Azul Imponente, da Coral. Também aparecem as nuances Azul Tibet, Corrente Oceânica, Bola de Basquete, Pena Prateada e Pote de Argila.

Já no espaço projetado pela designer de interiores Clarisse Reade, junto com as decoradoras Carolina Reade e Adriana Pereira, antiguidades se misturam a peças contemporâneas, como uma grande galeria de design.

[vr url=https://casa.abril.com.br/wp-content/uploads/2018/06/clarisse_reader_panorama.jpg?quality=95&strip=info view=360]

As paredes, o teto e o rodapé receberam um sofisticado verde-acinzentado da Coral, que é a cor Chafariz da Praça. “A uniformização da cor nessas superfícies ajuda a destacar os móveis e as obras de arte”, diz Clarisse.

Continua após a publicidade

Publicidade