Casa Created with Sketch.

Um raio X do consumidor e a nova classe média de Manaus

O último Salão do Imóvel permitiu uma radiografia das preferências do consumidor e deixou claros os investimentos na nova classe média manauara.

cim_manaus_desejos_01

 (/)

Neste ano, duas construtoras fizeram Salões Imobiliários em que reuniram suas unidades à venda e facilitaram a busca dos compradores. Uma das líderes no mercado imobiliário de Manaus, a Capital Rossi – união da amazonense Construtora Capital S.A. com a Rossi – realizou o seu segundo Salão do Imóvel em setembro. Em três dias de negócios, que aconteceram no Edifício Garagem do Shopping Amazonas, foram colocadas cerca de 900 unidades à venda – 98% residenciais – e comercializados R$ 38 milhões. O assunto desta entrevista com o presidente da empresa, Pauderley Avelino, foi a localização e o tipo de empreendimento que mais chamaram a atenção do consumidor.

Das cerca de 900 unidades residenciais apresentadas no último salão do imóvel, quantas foram vendidas? Nos três dias do evento, atendemos mais de 1 500 pessoas e fechamos 215 contratos em dez empreendimentos diferentes. É uma porcentagem muito boa, que estava dentro das nossas expectativas. Metade desses contratos se encaixa no segmento econômico, metade se situa nos padrões médio e alto.

Qual o valor mínimo dos apartamentos? Os preços partiam de R$ 100 mil, com a possibilidade de financiamento em até 30 anos para todas as unidades, independentemente de valor.

Além da expansão e da melhoria do crédito, o que chamou mais a atenção do consumidor? Oferecemos unidades em quase toda a cidade e isso fez diferença. Manaus já tem alguma dificuldade de trânsito e as pessoas querem, cada vez mais, morar perto do trabalho e não perder horas em congestionamentos e deslocamentos.Empreendimentos nos bairros de São Francisco e em Santa Elelvina, por exemplo, obtiveram boa resposta. Todos apresentam dois ou três dormitórios.

É possível, então, traçar um perfil do consumidor? Há muita diversificação. Mas, em geral, podemos dizer que os manauaras procuram alta qualidade, bom preço e localização estratégica, que permita fácil acesso a diversos pontos da cidade. Por um lado, os empreendimentos voltados ao segmento econômico atraem quem compra seu primeiro imóvel ou quem planeja investir no mercado imobiliário local. Tais empreendimentos têm financiamento no projeto Minha Casa, Minha Vida. Mas há também a camada de consumidores que procura os projetos mais sofisticados

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s