Reforma de sete meses com 17 ideias imperdíveis

O antigo sobrado paulistano dos anos 60 preservou sua linguagem com combogós, piso de granilite e balcão de concreto. Hoje a arquiteta mora e trabalha aqui

Por Reportagem Ana Weiss (texto) e Deborah Apsan (visual) | Design Renata Rise | Fotos Evelyn Müller | Ilustrações Campoy Estúdio Atualizado em 20 dez 2016, 21h00 - Publicado em 10 Maio 2012, 20h54

A arquiteta Maristela Faccioli se via num momento auspicioso para reformar este antigo sobrado paulistano: tinha tempo para acompanhar a obra e a cumplicidade total do marido. “Ele resolveu tudo comigo”, conta. Em sete meses, o casal ganhou espaço com uma ocupação mais racional e ampliações sutis (como os avanços de 0,50 m da lareira, do bufê e da edícula), além de criar um escritório nos fundos, com entrada independente. “Hoje, encontramos bem-estar em cada canto da nossa casa”, fala ela.

 

Publicidade