Casa Created with Sketch.

Reforma de chalé: jeito alpino e natureza agora em mais harmonia

Na década de 80, um filho de alemães construiu esta casa ao sopé da Pedra da Gávea. Reformada, preserva o jeito de chalé, mas melhora sua relação com paisagem tropical

A estilista Renata Simon relembra com gosto as reviravoltas que cercam sua ligação com este chalé, construído no ano de 1986 em meio à Floresta da Tijuca. Na época, seu sogro, de ascendência alemã, encantou-se com o visual da região (famosa por dar acesso à rampa de voo livre da Pedra Bonita) e resolveu fazer ali uma casa simples, toda forrada de madeira e recortada de aberturas de vidro. O sonho de viver na mata durou quase dez anos, quando o empresário vendeu o imóvel e imigrou para os Estados Unidos. Thomas, marido de Renata, permaneceu no Rio de Janeiro à frente dos negócios da família. Mesmo morando em outro lugar, ele nunca se esqueceu da deliciosa sensação de acordar e dormir naquele recanto. Por isso, procurou os novos donos e fez uma proposta para adquirir de volta a antiga casa de seu pai.

Deu certo. Há 18 anos, ele e Renata se mudaram para lá, onde criaram as duas filhas, agora com 13 e 16 anos. “O terreno de 2 mil m² é praticamente um sítio urbano. A água  vem da nascente!”, diz ela, que, durante todo esse tempo, empreendeu três reformas, todas deixadas a cargo da arquiteta carioca Denise Bonfim (1962- 2014). A primeira remodelou a ala íntima – deu origem a um closet e tornou os banheiros mais atuais e confortáveis. Depois, o casal quis modernizar a cozinha e incorporar um trecho da varanda ao estar. A última mexida, há três anos, concentrou-se na área externa e na recauchutagem da fachada, cujo revestimento de madeira havia apodrecido na base.

“Apesar de tudo isso, a essência da construção nunca se perdeu. No fundo, é um chalezinho de montanha”, comenta Renata. A interferência mais recente, no ano passado, foi presente de Thomas para ela: um grafite numa parede externa, perto da piscina. Como as coleções feitas pela estilista, a casa nunca sai de moda.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s