Quitinete alugada de 22 m² para morar e trabalhar

Para conseguir morar e trabalhar no apê alugado, a arquiteta Karla Madrilis, de Brasília, decidiu renovar todo o lugar. A obra saiu mais em conta que o planejado

Por Gustavo Fröner Atualizado em 20 dez 2016, 23h42 - Publicado em 26 set 2013, 18h37
abre-quitinete-alugada-de-22-m2-para-morar-e-trabalhar

Quando me mudei para esta quitinete, em 2010, desejava repaginar todo o espaço. Conversei com o dono, que me liberou para fazer o que quisesse, desde que ele não tivesse gastos. Como acordo, eu pagaria metade do aluguel durante três anos. Autorizada a reforma, desenhei o projeto e pus mãos à obra. Tenho muitos contatos na área por causa da minha profissão, o que ajudou a baratear quase tudo. A equipe com a qual costumo trabalhar, por exemplo, não me cobrou para trocar os revestimentos do banheiro e da sala. Com a economia, investi em peças de design e na iluminação, porque acredito serem esses os itens que valorizam, de fato, a decoração. Já faz três anos que adotei esse jeito enxuto de viver – e adoro! Aqui não me falta nada.”

Preços pesquisados em 28 de agosto de 2013, sujeitos a alteração.

Continua após a publicidade

Publicidade