Casa Created with Sketch.

Planta simples e obra eficiente são o trunfo deste chalé de madeira

Este anexo de 208 m² tem duas salas, quatro suítes e um jardim inteiro à sua disposição e recebe os convidados da família em Araçoiaba da Serra, interior de São Paulo

Lago, campo de golfe e tranquilidade, muita tranquilidade. Esse é o cenário do condomínio que abriga a casa de campo da família Alario em Araçoiaba da Serra, a 120 km de São Paulo. Quando compraram a residência, Dante e Adelaide fizeram uma reforma. Algum tempo depois, perceberam que o terreno de 3,4 mil m² poderia acomodar outra casa para instalar os convidados com mais conforto. “O anexo deveria proporcionar privacidade aos hóspedes sem interferir na vocação da construção principal, de reunir as pessoas”, conta a arquiteta Ana Paula de Castro, uma das responsáveis pelo projeto no escritório 2a+v Arquitetos Associados. Explica-se, dessa forma, a ausência da cozinha – a planta, que previu apenas uma copa, se organiza assim: há quatro suítes no núcleo de um retângulo, em cujas extremidades estão as salas. Como a temperatura na região oscila muito, algumas soluções transformam os ambientes em espaços agradáveis tanto em dias quentes como nos mais frios. “Sempre que possível, adotamos ventilação cruzada, com aberturas em lados opostos. Não existem janelas nas suítes – as portas de correr nos quartos e as venezianas no teto do banheiro cumprem o papel de circular o ar”, diz Ana Paula. O concreto se reveza nas estruturas e nos revestimentos com a madeira, sempre cumaru (protegida com verniz naval, daí sua cor avermelhada). Segundo a arquiteta, “esse tipo possui uma bela tonalidade, que resiste bem às intempéries, e ainda tem preço acessível, se comparado ao de outras espécies nobres”. Já o concreto está nas estruturas das suítes, no piso de placa pré-moldada das áreas de circulação e das sala, e até nas telhas. Outros detalhes, como a seleção dos ladrilhos hidráulicos dos banheiros, foram escolhas da família, que participou com sugestões durante todas as etapas da obra de dez meses. Hoje, o casal e suas duas filhas dedicam esse mesmo envolvimento aos encontros que promovem ali nos fns de semana, durante os quais deixam ocupar, com gosto, o anexo erguido exclusivamente para seus hóspedes.

 

Sem frente, sem fundos

O projeto privilegia a autonomia dos hóspedes e a circulação entre os cômodos por meio de corredores externos. Apenas um dos lados do anexo oferece ligação com a casa principal.

Retângulo funcional. A construção térrea apresenta estrutura de concreto com paredes de alvenaria na área das suítes. Já os espaços de convivência e de circulação receberam pilares e vigas de madeira, com fechamentos de vidro temperado e drywall, além de forro de gesso.

08-planta-simples-e-obra-eficiente-sao-o-trunfo-deste-chale-de-madeira

 (/)

 

Área: 208 m²; Sondagem: Engesolos; Construção: Eduardo Santos Administração e Gerenciamento de Obras; Estrutura de concreto: Oficina de Arquitetura e Estrutura; Estrutura de madeira: Orbital Estruturas de madeira; Instalações Elétrica e Hidráulia: Articular Projetos e Consultoria; Paisagismo: Isabel Duprat.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

  1. Fernando da Silva

    Quantos que custou para construir essa casa?