Os apartamentos criados por Jünger Mayer H. no centro de Berlim

Cada um dos 21 apartamentos do prédio tem uma planta diferente - há lofts, dúplex, coberturas grandes e unidades compactas.

Por Reportagem Claudia Nogueira, Liége Copstein, Mariane Morisawa e Nilbberth Silva (texto) Atualizado em 19 jan 2017, 13h16 - Publicado em 6 ago 2012, 19h34

O arquiteto alemão Jürgen Mayer H. engrossa a lista de profissionais que veem no bom desenho a solução para moradias contemporâneas mais acolhedoras. “Apenas lugares personalizados nos fazem desenvolver o senso de lar”, avalia ele, que fará palestra no evento BOOMSPDESIGN, em São Paulo, no final de agosto. “Só a singularidade do nosso próprio ambiente nos leva a estabelecer com ele um envolvimento genuíno.” Para ilustrar essa tese, Mayer apresentará um residencial criado por seu escritório no centro de Berlim. São 21 apartamentos (dúplex, lofts, coberturas com terraço e unidades compactas) com plantas únicas e o propósito de incluir o verde. “O maior desafio das cidades é contemplar a inter-relação entre clima e natureza dentro de sua dinâmica”, afirma.

Publicidade