O sobrado dos anos 40 virou um loft de 101m²

Loft de portas abertas: Entusiasmada com o sossego da ruazinha e a oportunidade de viver perto do trabalho, uma artista plástica não hesitou em reconstruir este sobrado dos anos 40. A área interna não cresceu, mas parece maior depois de um ano de reforma e muitas paredes derrubadas.

Por Por Danilo Costa e Deborah Apsan Fotos: Carlos Piratininga Ilustrações: Campoy Estúdio Atualizado em 20 dez 2016, 22h41 - Publicado em 14 nov 2008, 13h18

Os ambientes compartimentados e escuros não eram nada atraentes. Mas este sobrado fica num lugar silencioso, distante apenas 50 m do ateliê da artista plástica Miriam Rigout. “A placa de vende-se não permaneceu pendurada no portão nem meia hora”, diz ela, brincando. Depois de fechar rapidamente o negócio, Miriam e o marido convidaram o arquiteto Carlos Marsi para resolver os inconvenientes e aproveitar o que a casa tinha de melhor: a localização. Partiu dele a idéia de transformar o espaço num loft praticamente transparente, graças à generosa esquadria da fachada. A rua charmosa, que valoriza a construção, recebe em troca todo o respeito da moradora (veja quadro). Quer fazer um tour virtual por dentro deste loft? Então, assista ao vídeo em que a artista plástica Miriam Rigout mostra os destaques do projeto.

Publicidade