Casa Created with Sketch.

Márcio Kogan apresenta projetos no Museu da Casa Brasileira

Em palestra, arquiteto fala de suas obras residenciais e comerciais, que têm traços simples, mistura entre interior e exterior e grande vãos.

O arquiteto Márcio Kogan apresentou em uma palestra — que aconteceu no último 18 de abril no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo — projetos que se destacam na produção de seu escritório, o Studio MK 27. No evento, Kogan e seus colaboradores falaram principalmente das casas construídas pelo escritório – nas quais os críticos percebem a influência dos arquitetos modernistas brasileiros, como João Vilanova Artigas e Lina Bo Bardi. As residências têm grandes vãos e aberturas largas, que permitem confundir o interior e exterior dos ambientes. Outra preocupação é deixar visível a estrutura das construções e o trabalho da equipe de obra, como no anexo à loja Micasa. Tudo com formas simples: “O escritório é radicalmente racionalista, não existe nada fora de lugar ou que não funcione”, diz Kogan.

Na galeria de fotos abaixo, conheça algumas obras do Studio MK 27:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s