Condomínio ecologicamente correto em Alphaville

A construtora e incorporadora BKO lançou um condomínio de 4 500 m² em Alphaville com 104 apartamentos.

Por Por Lara Muniz Atualizado em 20 dez 2016, 18h34 - Publicado em 5 dez 2007, 16h45
condominio ecologico

Com olho no interesse pela sustentabilidade, o Movimento Residencial Ecológico (MORE) será entregue com estrutura preparada para coleta seletiva e melhor aproveitamento de recursos naturais. A torre com 26 andares que abrigará os apartamentos de 155 e 196 m² reutilizará, por exemplo, a água da chuva para a irrigação dos jardins. As coberturas do edifício, do salão externo e da portaria serão gramadas e cada andar terá seu depósito separado para receber tanto o lixo orgânico quanto o que poderá ser reciclado. Durante a obra, haverá gestão de resíduos – o que quer dizer que as sobras dos materiais utilizados serão enviadas para a reciclagem, enquanto o que será utilizado respeitará o mesmo princípio. A medição individual de água também deverá estimular um uso mais racional dos recursos. Conscientização e orientação para a coleta seletiva de lixo são itens que estarão no manual do proprietário. Uma Declaração de Sustentabilidade, avalizada pelo CTE (Centro de Tecnologia e Edificações) será distribuída também aos moradores. Os apartamentos do MO.R.E. deverão custar em média R$ 2,9 mil por m², um preço abaixo do praticado na região, que gira em torno de R$ 3,2 mil. O lançamento, que aconteceu no final de semana, foi celebrado com 200 mudas de espécies brasileiras.

Publicidade